Três Lagoas/MS, Sábado, 16 de Fevereiro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 06 de Fevereiro de 2019, 12h:36
Tamanho do texto A - A+

Mosquito assombra e boletim 2019 já traz novas notificações da Doença

Administração e população trabalham em conjunto afim de acabar com epidemia

Juliana Brum
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação

Três Lagoas tem a maior média de casos de dengue por números de habitantes no Estado

Mais de 5 mil casos foram registrados em 2018 na cidade

 

Em apenas 35 dias deste ano, a Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas já contabilizou 1,2 mil casos notificados de dengue no município.

 

Três Lagoas começa 2019 com mutirões de limpeza nos bairros da cidade com objetivo de combater a epidemia que assolou a comunidade em 2018, com mais de 5 mil casos contabilizados.

 

Neste ano já são 150 casos notificados, sendo como positivos, 31 negativos e 1,1 aguardando resultados de exames laboratoriais.

 

Os casos de dengue em Três Lagoas começaram a aumentar no final do ano passado. Em dezembro, por exemplo, foram 2,7 mil notificações de casos suspeitos. Apesar de ter iniciado janeiro com uma redução, os números recentes mostram que, se os moradores não evitarem criadouros, Três Lagoas pode registrar novo surto de dengue, assim como em 2018.

 

O tema tem sido muito debatido na cidade através das rádios locais, a administração tem realizado trabalhos com os agentes de endemias, para que toda a população tenha consciência do problema.

 

No que se refere à Leishmaniose, em 2019, Três Lagoas registrou 21 casos notificados suspeitos da doença, mas todos eles foram descartados como negativos.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix