Três Lagoas/MS, Sábado, 17 de Novembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 26 de Junho de 2018, 18h:52
Tamanho do texto A - A+

Taxistas pedem a sanção de lei que proíbe uso de aplicativos de transporte

Representantes da categoria estiveram na sessão da Câmara de Vereadores de Três Lagoas realizada nesta terça-feira (26)

Flávio Brito
Capital News

Divulgaação/CMTLS

Taxistas pedem a sanção que proíbe uso de aplicativos de transporte

Profissionais estiveram na sessão da Câmara desta terça-feira

Na sessão da Câmara de Vereadores de Três Lagoas realizada nesta terça-feira (26), taxistas que pediram o apoio dos parlamentares para promulgar uma lei que proíbe a utilização de aplicativos para transporte coletivo.

 

No início da sessão, Valcidio Antônio de Queiroz, representando o presidente da Associação dos Taxistas de Três Lagoas, Ayr Spinola Costa, relatou que uma empresa de transporte de passageiros que utiliza um aplicativo está dificultando o trabalho da categoria, que não tem como competir com o preço oferecido. “Gastamos muito para nos manter regulamentados, para fazer cursos de direção e atendimento”, justificou, ressaltando que “ser taxista é nossa profissão e não apenas um bico".

 

Valcidio pediu que seja sancionada a lei que proíbe o uso destes aplicativos no município. “Olhem pela nossa causa, com carinho, porque se não fizerem isso, nossa categoria será prejudicada”. Os vereadores declararam apoio à categoria e se comprometeram a discutir a questão a fundo e com serenidade.

 

“Não somos contra o uso de aplicativos. Os próprios taxistas declararam que não são contra. O que nós não podemos permitir é uma concorrência desleal, prejudicando uma categoria. Acredito que Três Lagoas, no futuro, poderá ter aplicativo para o transporte coletivo, mas que seja no momento certo e regulamentado, de forma a não prejudicar os taxistas”, completou.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix