Três Lagoas/MS, Quinta-Feira, 21 de Setembro de 2017 | 17:12
27˚
(67) 3042-4141
Trânsito
Quarta-Feira, 21 de Junho de 2017, 16h:54
Tamanho do texto A - A+

Morre motociclista que teve pernas esmagadas por caminhão

Acidente ocorreu nesta manhã e homem teve complicações após chegar no hospital, não resistindo aos ferimentos

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Celso Daniel/JP News

Morre motociclista que teve pernas esmagadas por caminhão

Jovem ficou preso entre as rodas do caminhão e após dar entrada no hospital não resisitiu

Morreu no início da tarde desta quarta-feira (21) o motociclista atropelado por um caminhão no começo do dia na avenida Ranulpho Alves Leal, em Três Lagoas. O piloto foi identificado como Kaic Wesley Pereira, de 23 anos, e teve a morte resultando de complicações após ser internado em estado grave no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

O acidente ocorreu após o jovem tentar fazer uma ultrapassagem entre duas carretas, se desequilibrar e cair em baixo de um dos veículos, que estava carregado e não teve tempo de evitar o atropelamento. Ele teve as duas pernas esmagadas pelo caminhão que estava carregado e não conseguiu frear a tempo de frear e evitar o atropelamento.

O motociclista ficou preso entre as rodas da carreta e apesar de se manter consciente ao longo do atendimento do Corpo de Bombeiros, sofreu um ferimento grave na região da virilha com exposição das vísceras, conforme informação do site JP News.

A carreta que atropelou o jovem era conduzida por um idoso, de 65 anos, morador de Campo Grande e que ia para o Paraná. Equipes do Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram no local.

Celso Daniel/JP News

Ao tentar ultrapassagem, motociclista perde controle e é atropelado por caminhão

Homem parou debaixo da carreta e foi atendido minutos depois pelo Corpo de Bombeiros

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix