Três Lagoas/MS, Terça-Feira, 21 de Novembro de 2017 | 10:59
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Sexta-Feira, 22 de Janeiro de 2016, 11h:59
Tamanho do texto A - A+

Sem comida e hotel jogadores do Misto procuram polícia

Os atletas afirmam que a diretoria não esta cumprindo o contrato

Rafaela Alves
Capital News

Os jogadores contratados para atuar no campeonato estadual da série A pelo Misto EC procuraram na noite de quinta-feira (21) a polícia de Três Lagoas, distante 338 km de Campo Grande, para registrar um boletim de ocorrência contra a diretoria do clube.

Claudio JR/TVC

Sem comida e hotel jogadores do Misto procuram polícia

Jogadores vão à polícia contra diretoria do Misto


Segundo o Jornal do Povo, os jogadores afirmam que os diretores e o presidente Jamiro Rodrigues não estão cumprindo o contrato que previa alojamento e alimentação.  Ao chegar na Delegacia, por volta das 22h30,  o grupo mão conseguiu registrar a ocorrência, supostamente por falta de delegado no horário.

O atacante Abuda, ex- jogador do Corinthians, disse que os atletas ficaram sem alimentação, a noite, e que foram informados pelo hotel que todos deveriam deixar os quartos nesta sexta-feira (22). O meia Jean disse que se sente humilhado com a situação.

Ainda de acordo com o jornal, Miro Rodrigues falou que cancelaria o alojamento porque nenhum jogador teria assinado contrato com o time. Segundo o presidente, o compromisso seria com um patrocinador. Jamiro recolheu uniformes e materiais esportivo usados pelos atletas nos treinos.

Já tem uma semana que existe uma briga do presidente com uma empresa patrocinadora, quando venceu a parcela inicial de R$ 150 mil de patrocínio. A empresa negou irregularidade.

O Misto tem estreia prevista no campeonato estadual para o dia 13 de fevereiro, contra o Operário, em Campo grande.   

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix