Três Lagoas/MS, Domingo, 09 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Meio Ambiente
Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018, 10h:31
Tamanho do texto A - A+

Jacarés devem ser retirados da Lagoa Maior

A ação foi movida pelo Ministério Público e provocou polêmica e dividiu opiniões

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação

Jacarés devem ser retirados da Lagoa Maior

Os jacarés serão levados para a reserva de Cisalpina, em Brasilândia, local que recebeu três animais da espécie ano passado

Os jacarés que habitam na Lagoa Maior, cartão postal de Três Lagoas, devem ser retirados do local ainda nesta semana. A remoção será feita pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio e a Embrapa Pantanal. 

 

Sendo uma ação movida pelo Ministério Público, a retirada, que provocou polêmica e dividiu opiniões. O órgão solicitou providência à Administração Municipal e ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (IBAMA), devido aos riscos que os répteis apresentam aos frequentadores do local.

 

No dia 31 de agosto, o Ibama emitiu a autorização, após analisar o pedido da SEMEA e o processo que envolve o trabalho de remoção. Os jacarés serão levados para a reserva de Cisalpina, em Brasilândia, local que recebeu três animais da espécie ano passado.

 

De acordo com Toniel Fernandes, secretário da pasta, diz que os profissionais da Embrapa, chegam ao Município na noite de terça-feira (16) para iniciar o trabalho. “Eles vão, de antemão, conhecer os pontos da Lagoa Maior onde os jacarés costumam ficar, para avaliar qual melhor horário de captura e embarque ao local de destino. Acredito que os animais de porte grande e médio sejam removidos nos próximos dias”, disse.

 

 

A ação tornou-se necessária após o Ministério Público exigir a remoção dos répteis após vários ataques a animais domésticos de porte menor e, por causa da irresponsabilidade de muitos frequentadores que se aproximam para tirar fotos e provocar os animais. Essas atitudes poderiam influenciar crianças a repeti-las, sem terem noção do risco de ataque que estariam sofrendo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix