Três Lagoas/MS, Quinta-Feira, 23 de Novembro de 2017 | 13:35
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 12 de Julho de 2017, 16h:16
Tamanho do texto A - A+

Vereador de Três Lagoas chora em tribuna ao se defender de gastos com diárias

População tem criticado a alto valor gasto pelos parlamentares nos primeiros seis meses do ano com viagens

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Reprodução

Vereador de Três Lagoas chora em tribuna ao se defender de gastos com diárias

Vereador ameaçou um choro ao se defender de acusações sobre uso de diárias

Após diversas críticas da população com os quase R$ 10 milhões gastos pelos vereadores de Três Lagoas com diárias de viagens nos primeiros sete meses de mandato, o parlamentar Wellington Cascão foi às lágrimas na sessão da Câmara desta terça-feira (11) ao se defender das acusações de utilizar o dinheiro público para viagens pessoais.

Confira o vídeo com a fala e o choro do vereador

 

Na tribuna, o vereador discursava sobre histórias que já havia presenciado antes mesmo da vida pública, quando começou a esboçar um choro. O vereador Sargento Rodrigues interrompeu a fala de Cascão e partiu em defesa do companheiro de função.

“É esse tipo de crítica que levantaram infundada que as vezes acontece até isso ai. A pessoa sofre muito por dentro. A ajuda que ele faz no bairro, o serviço social ninguém divulga. Desde a época em que ele nem pensava em ser vereador, ele já ajudava o seu bairro. Mas ninguém fala do trabalho e vem criticar as diárias que ele fez”, disse Rodrigues.

As críticas surgiram após a divulgação da imprensa do balanço de gastos dos vereadores nos primeiros meses do ano. Até junho, os parlamentares já haviam gasto mais de R$ 130 mil com viagens pessoais, destes, mais de R$ 21 mil foram utilizados por Cascão, que chegou a ter questionado um passeio à São Paulo, onde aparece em um estádio de futebol.

A crítica à atuação da imprensa também foi acompanhada por outros vereadores que discursaram na Casa. O parlamentar Jorginho do Gás foi outro a realizar discurso inflamado. Ele responde por improbidade administrativa, acusado de receber o salário de um ex-assessor.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix