Três Lagoas/MS, Segunda-Feira, 18 de Março de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Segunda-Feira, 11 de Março de 2019, 12h:26
Tamanho do texto A - A+

Mutirão contra a Dengue elimina 36 focos e recolhe lixo de proliferação em Três Lagoas

Duas equipes de Agentes de Endemias percorreram mais de mil imóveis nos bairros Paranapungá, Vila Progresso, Bela Vista e Ipacaraí

Leonardo Barbosa
Capital News

PMTL/Divulgação

Mutirão contra a Dengue elimina 36 focos e recolhe lixo de proliferação em Três Lagoas

Equipes trabalham identificando e destruindo focos da Dengue em residências de Três Lagoas

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas, por meio do Setor de Endemias e Controle de Vetores da Diretoria de Vigilância em Saúde e Saneamento, mobilizou duas equipes de Agentes de Endemias, na manhã de sábado (9), em mais um mutirão de enfrentamento à Dengue.

 

A ação dos Agentes de Endemias, com seus respectivos coordenadores, foi direcionada aos moradores dos bairros Paranapungá, Jardim Progresso, Bela Vista e Ipacaraí.

 

Como foi divulgado pelo coordenador do Setor de Endemias e Controle de Vetores, Alcides Divino Ferreira, no Bairro Paranapungá, foram visitados 493 imóveis e localizados 13 focos de larvas do Aedes Aegypti.

 

Usando 250 sacos de lixo de 60 litros, os Agentes de Endemias também localizaram e eliminaram 492 criadouros do mosquito, recolhidos no Paranapungá. Além disso, foi usado um caminhão caçamba, cheio de materiais inservíveis, abandonados nos imóveis e propícios à proliferação de mosquitos e outros animais peçonhentos.

 

PMTL/Divulgação

Mutirão contra a Dengue elimina 36 focos e recolhe lixo de proliferação em Três Lagoas

Vários materiais que serviam de ambiente de proliferação do mosquito Aedes Aegypti foram recolhidos pelo mutirão

Na micro área, formada pelos bairros Jardim Progresso, Bela Vista e Ipacaraí, as equipes de Agentes de Endemias também recolheram um caminhão caçamba, cheio de materiais inservíveis, recolhidos de 602 imóveis visitados.

 

Nesta localidade, os Agentes de Endemias também localizaram e recolheram 23 focos do vetor da Dengue e usaram 250 sacos de lixo para coleta dos criadouros encontrados.

 

“Apesar das inúmeras campanhas de orientação e conscientização dos perigos da Dengue e outras doenças, ainda existem muitas pessoas que não cuidam de seus quintais e acumulam materiais inservíveis, que podem transformar-se em perigosos criadouros do Aedes aegypti”, comentou Alcides.

 

 

Como foi divulgado pela equipe da Vigilância Epidemiológica da SMS, Três Lagoas registrou 2.179 casos notificados de Dengue, no acumulado de janeiro 2019 até quarta-feira, 06 de março. Desse total, 512 já foram confirmados como positivos e 221 foram descartados como negativos.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix