Três Lagoas/MS, Domingo, 05 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 17 de Maio de 2020, 11h:57
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Processos seletivos online são alternativa para empresas durante a quarentena

Por Débora Ramos

Da coluna Educação e Carreira
Artigo de responsabilidade do autor

Atendendo ao isolamento social, entrevistas e testes à distância são etapas para as contratações

Divulgação

ColunaEducaçãoECarreira

Com a pandemia, decretada em março pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a forma como as relações sociais aconteciam foi alterada. Em meio a uma quarentena, com o comércio e outros negócios fechados, há clima de incerteza em várias áreas, devido às possibilidades de demissões. Ainda assim, há empresas que precisaram aumentar seu quadro de funcionários e, para isso, apelaram para os modelos remotos de contratação.


O modelo faz parte de uma adaptação para seguir com as operações corriqueiras do negócio. Isso aconteceu, principalmente, em segmentos que foram valorizados com a alta demanda de pessoas em casa, como as plataformas de cursos online, por exemplo. A Hotmart viu as vendas crescerem e aumentou as vagas disponíveis de 65 para 90, sendo 30 para o atendimento ao consumidor.


De acordo com João Pedro Resende, fundador e CEO da startup, todos os processos seletivos foram realizados de forma online por videoconferências com os gestores, líderes dos times e profissionais formados na faculdade de recursos humanos. Caso um teste prático seja necessário, o candidato poderá compartilhar a tela com os recrutadores.


Para Neidy Christo, vice-presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos, seccional Espírito Santo (ABRH-ES), as recomendações para os candidatos seguem as mesmas, desde a forma como eles se portam até as respostas nas entrevistas. “Quando o profissional for participar de uma entrevista online, precisa estar vestido corretamente, penteado e em um lugar que dê seriedade ao processo – não é porque ele está em casa que não precisa ter postura”, diz ela.


Em outras empresas, o caminho de contratações segue os mesmos passos. “Ajustes estão sendo feitos para atravessar este momento sem grandes prejuízos, por isso decidimos contratar novos profissionais e realizar todo o processo seletivo de maneira online. As entrevistas e todas as etapas que seriam presenciais foram migradas para a internet. Assim, estamos conseguindo ampliar nosso quadro de funcionários, sem deixar de lado as recomendações de ficar em casa", comenta Giovanna Dutra, COO da TG Core.


Além disso, os novos funcionários também farão todo o processo de adaptação de forma remota, também através de videoconferências e outros canais de comunicação interna da empresa. Em alguns locais, também há o envio de kits com os materiais necessários para o desenvolvimento do trabalho.


Inclusive, há locais que adaptaram sua comunicação com o SMS, como a Jan-Pro, empresa de franquias de limpeza. Renato Ticoulat, master franqueado da Jan-Pro no país, ressalta que a empresa já cresceu 7% neste período e contratou mais de 100 funcionários. A demanda que registrou a maior alta foi a hospitalar, que está entre 20% e 30%.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix