Três Lagoas/MS, Quinta-Feira, 13 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 07h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

FGV diz que Decotelli não foi professor da instituição e ministro volta a balançar

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Luís Fortes/MEC

ColunaMarcoEusébio

Decotelli volta a balançar na cadeira de comando do MEC por incoerências em seu curriculo

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou nota ontem informando que Carlos Alberto Decotelli da Silva não foi professor nem pesquisador da instituição, como ele anunciou em seu curriculo para assumir o comando do Ministério da Educação. O Estadão informa que o presidente Jair Bolsonaro ficou irritado ao saber de mais uma incoerência no curriculo do ministro, que volta a balançar no cargo depois de ter doutorado e pós-doutorados questionados por universidades estrangeiras. A nota da FGV diz que Decotelli cursou mestrado na instituição, concluído em 2008. "Prof. Decotelli atuou apenas nos cursos de educação continuada, nos programas de formação de executivos e não como professor de qualquer das escolas da Fundação".

 

 

LEIA A COLUNA DE HOJE CLICANDO AQUI EM MARCO EUSÉBIO IN BLOG

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix