00:00:00 Sábado, 20 de Julho de 2024


Cotidiano Quinta-feira, 30 de Março de 2017, 09:54 - A | A

Quinta-feira, 30 de Março de 2017, 09h:54 - A | A

Saúde

Azambuja promete entregar Hospital Regional de Três Lagoas em um ano

Obra terá início imediato e custará R$ 56 milhões aos cofres do Estado; ordem de serviço foi assinada quarta

Gian Nascimento
Capital News

Gian Nascimento/Capital News

Azambuja promete entregar Hospital Regional de Três Lagoas em um ano

Azambuja prometeu retorno em um ano para entrega do Hospital

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja, autorizou na noite desta quarta-feira (30) o início da construção do Hospital Regional de Três Lagoas. Em cerimônia realizada durante abertura da Três Lagoas Florestal, feira de negócios que acontece na Arena Mix, o chefe do executivo estadual prometeu voltar em um ano para a entrega da obra já concluída.

Prevista inicialmente pelo secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, para ser concluída em dois anos, Azambuja afirmou não ter dúvidas de que a construção será concluída antes mesmo do prazo estipulado, já que o governo do Estado possui em caixa todo os R$ 56 milhões necessários para a realização dos serviços e assim que a Cial Engenharia, empresa responsável pela obra, for realizando as etapas, os valores irão ser repassados.

Para Azambuja, o Hospital Regional de Três Lagoas faz parte de um plano de reestruturação da saúde pública em Mato Grosso do Sul, já que atenderá toda a região do Bolsão e Costa Leste do Estado e terá condições de receber demandas de média e grande complexidade.

“É uma felicidade lançar essa ordem de serviço e saber que no ano que vem vamos entregar um hospital moderno, equipado e com uma estrutura para atender Três Lagoas e Região, isso é muito importante. Faz parte da regionalização, esse é o desenho que a gente entende ser factível para a saúde de Mato Grosso do Sul”, disse o governador.

O novo hospital será construído no Distrito Industrial, às margens da BR-158, em uma área de 26,4 mil m² e contará com mais de 19,4 mil m², onde estarão 138 leitos distribuídos em três pavimentos com 10 salas de cirurgia, unidades de cuidados intermediários e leitos para mãe-canguru.

Entre os leitos estão: 10 UTIs cirúrgicas; 10 UTIs clínicas; 48 enfermarias; pré-parto, parto e pós-parto; indução e recuperação de pacientes; observação pediátrica; observação de pacientes; observação psiquiátrica; internação e isolamento; semicrítico; preparo, recuperação pós-anestésica, observação e recuperação do paciente. O projeto prevê ainda auditório e salas de aula, e empregará cerca de 650 funcionários.
 

Gian Nascimento/Capital News

Azambuja promete entregar Hospital Regional de Três Lagoas em um ano

Azambuja prometeu retorno em um ano para entrega do Hospital

Outros pedidos
Aproveitando o encontro com Azambuja, o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, deixou claro quais serão as novas prioridades de parceria com o Governo do Estado. Já foram solicitadas obras na área de infraestrutura no município, como a revitalização da avenida Clodoaldo Garcia e do acesso entre o Aeroporto e o Distrito Industrial, justamente onde ficará o novo Hospital.

“Três Lagoas tem que ter uma cara nova nas avenidas que dão acesso a cidade e por sinal, já estamos realizando o recapeamento da avenida Olinto Mancini e agora solicitamos a revitalização da Clodoaldo Garcia, em um projeto que prevê canteiro central, iluminação, ciclovia. Quanto a pavimentação e construção da ciclovia no trecho do Aeroporto ao Distrito Industrial, já foi aprovado e resta apenas a licitação”, garantiu Guerreiro.

Outro ponto que deve passar por obras é a área em torno a Delegacia Geral de Polícia Civil (DGPC) e ao Detran, que segundo prefeito e governador deverá receber drenagem e pavimentação. Azambuja prometeu retorno em breve para entrega de reforços policiais e viaturas, dando suporte também a segurança pública do município.

Comente esta notícia