Segunda-feira, 17 de Junho de 2024


Cotidiano Terça-feira, 13 de Setembro de 2016, 18:34 - A | A

Terça-feira, 13 de Setembro de 2016, 18h:34 - A | A

Concurso

Câmara abre inscrições para concurso público em Três Lagoas

Serão 34 vagas para todos os níveis de escolaridade e salário de R$ 1.670 a R$ 5.570

Myllena de Luca
Capital News

A Câmara Municipal de Três Lagoas lançou edital e abriu concurso para preenchimento de 34 vagas do quadro permanente de servidores. As inscrições começaram nesta terça-feira (13) e seguem até 12 de outubro.


As provas serão no dia 23 de outubro e os salários vão de R$ 1.670 a R$ 5.570. Para efetivar a inscrição, apenas por meio eletrônico, é necessário acessar o site da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura (FAPEC), selecionar o link "Inscrições" e clicar no link do Concurso Público da Câmara Municipal de Três Lagoas. Para confirmar a inscrição, é necessário efetuar o pagamento do boleto bancário, até um dia útil após o encerramento das inscrições, observando sempre o horário de funcionamento do sistema bancário nacional.


A inscrição tem valor de R$ 100 para cargos que exigem nível superior; R$ 80,00 para vagas de cargo que exigem nível médio e R$ 50,00 para cargos com exigência de nível fundamental completo.
De acordo com a assessoria, a Câmara dará isenção de inscrição em três casos: para pessoas inscritas no cadastro único, do qual trata o Decreto Federal nº 6.135/2007; para desempregados e para pessoas em situação de carência econômica, condições que deverão ser comprovadas, conforme especifica o edital, para cada caso.


Para obter a isenção da taxa, o candidato deverá efetuar a inscrição no sistema e assinalar a solicitação de isenção para “sim”, imprimir a Ficha de Inscrição na “Área do Candidato” e entregar, juntamente com os comprovantes discriminados no edital.


Deficientes
De acordo com a assessoria, o edital divulgado nesta terça-feira (13) ainda prevê a destinação de 10% das vagas, de cada cargo, para candidatos portadores de deficiências, desde que as atribuições sejam compatíveis com o grau de deficiência apresentado, observados os dispositivos constantes no Decreto Federal nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999.


O candidato deverá declarar, no ato da inscrição, ser deficiente, especificando a deficiência na Ficha de Inscrição. Todas as regras para este item estão descritas no edital e a deficiência deverá ser comprovada por laudo médico original ou autenticado atestando a espécie, o grau e o nível da deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença (CID).

Comente esta notícia