00:00:00 Quarta-feira, 24 de Julho de 2024


Cotidiano Terça-feira, 15 de Junho de 2021, 13:03 - A | A

Terça-feira, 15 de Junho de 2021, 13h:03 - A | A

Aniversário

Capital Mundial da Celulose, Três Lagoas comemora 106 anos

Indústria e pecuária são os destaque do município desde o início da sua emancipação

Elaine Silva
Capital News

Site da Prefeitura de Três Lagoas

Reunião para discutir novas formas de financiamento em Três Lagoas

Três Lagoas

Município de Três Lagoas, conhecida internacionalmente como a "Capital Mundial da Celulose" e que também faz parte do bolsão Sul-mato-grossense, comemora nesta terça-feira (15), seu 106° aniversário.

A atividade produtiva da celulose proporcionou crescimento ao município, a partir de 2009, quando a Fibria, uma das maiores fábricas de papel do mundo, se instalou na cidade, com capacidade de produção de 1,3 milhão de toneladas de celulose por ano. Logo em seguida chegou a Eldorado Brasil, que começou a operar em 2012, com capacidade produtiva de 1,7 milhão de toneladas.

Bruno Chaves/Arquivo Capital News

Silvicultura, cultivos florestais, cultivo florestal, fábricas de celulose, produção de eucaliptos, eucalipto

Produção de eucaliptos


Atualmente, a produção de celulose de Três Lagoas tem conquistado espaço no cenário mundial. Em 2020, a empresa Eldorado Brasil exportou 48% da sua produção para a Ásia, fechando o quarto trimestre com lucro líquido de R$ 641 milhões. O crescimento registrado foi de 528% sobre o mesmo período de 2019, quando foram obtidos R$ 104 milhões. A cidade atualmente corresponde, atualmente, a 50% da exportação industrial de Mato Grosso do Sul, sendo os principais itens a celulose e o farelo de soja, além do crescimento de importação de materiais têxteis, cereais e siderurgia.

Chico Ribeiro/Secom MS

Três Lagoas recebe título de Capital Nacional da Celulose

Fábrica de celulose em Três Lagoas


Reconhecimento
No dia 20 de abril deste ano, o presidente da República, Jair Bolsonaro  (Sem Partido)  sancionou lei a Lei 14.142, de 2021, é oriunda do PLS 178/2016, da senadora Simone Tebet (MDB-MS). A matéria foi aprovada no Senado em 2017, que da o título para Três Lagoas de Capital Nacional da Celulose.

Informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o número de trabalhadores assalariados em Três Lagoas aumentou 87,6% entre 2009 e 2013. Impacto significativo registrou-se também na renda dos trabalhadores: o salário médio mensal no mesmo período teve um incremento de 14,8%, subindo de 2,7 salários mínimos para 3,1 salários mínimos.

Distrito industrial
Três Lagoas tem três distritos industriais, sendo dois estão localizados nas proximidades da Usina de Jupiá, o terceiro, às margens da BR-158, próximo a fábrica de fertilizantes da Petrobras (UFN 3). O local foi destinado para receber as empresas que, futuramente, poderão se instalar na cidade quando a UFN 3 entrar em operação. No Distrito 1 e 2, estão as indústrias de médio porte.

O terceiro grande ciclo de desenvolvimento de Três Lagoas se dá, justamente a partir de 2009, com a instalação das fábricas de celulose . Três Lagoas tem três unidades de celulose e uma de papel.  Duas indústrias de celulose pertencem a Suzano e uma a Eldorado Brasil, e a Internacional Paper detém uma fábrica de papel.

Divulgação/Assessoria

Prefeito aguarda resposta oficial sobre data de entrega da UFN3

UFN3


UFN3
A fábrica de fertilizantes tinha gerado a expectativa de transformar o Estado no maior produtor de insumos nitrogenados para atender a agropecuária do País. Mas, após anos parada começou a gerar temor, ainda mais com a  desistência dos russos que estavam em fase final de negociação. A UFN 3 é uma unidade industrial de fertilizantes nitrogenados localizada em Três Lagoas, que teve início das obras em setembro de 2011, sendo interrompida em dezembro de 2014, com avanço físico de cerca de 81%. Após concluída, a unidade terá capacidade projetada de produção de ureia e amônia de 3.600 t/dia e 2.200 t/dia, respectivamente.

Divulgação

Ângelo Guerreiro vence eleições e é o novo prefeito de Três Lagoas

Atual prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro

História
História do município começou com a vinda dos sertanejos do Triângulo Mineiro. Por volta de 1828, Joaquim Francisco Lopes iniciou a exploração da região com uma expedição composta de 11 pessoas, organizada em Monte Alto, onde estavam os irmãos José Garcia Leal e Januário Garcia Leal, conforme a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e o Núcleo de Documentação Histórica e Grupo de Educação Tutorial (PET-História) de Três Lagoas.

O povoado foi elevado a distrito pela Lei nº656, de 12 de junho de 1914,pertencente a Santana do Paranaíba. A Lei Estadual nº 706, de 15 de junho de 1915 cria a Vila de Três Lagoas, ainda parte de Paranaíba, mas emancipada politicamente.

 

Atualmenta cidade está sob o comando de  Angelo Guerreiro (PSDB), que onquistou o cargo no executivo de Três Lagoas com 30.033 votos, o que representa 59,11% dos votos válidos, em 2016 e foi reeleito nas eleições de 2020.

 

Comente esta notícia