00:00:00 Domingo, 21 de Julho de 2024


Cotidiano Segunda-feira, 10 de Maio de 2021, 15:51 - A | A

Segunda-feira, 10 de Maio de 2021, 15h:51 - A | A

Desenvolvimento

Gestores debatem renovação do prazo de concessão da Zona Azul

Reunião foi realizada na prefeitura municipal

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/PMTL

Gestores debatem renovação do prazo de concessão da Zona Azul

Encontro contou com representantes de diversos setores do município

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (10), o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro (PSDB), debateu com representantes do Comércio medidas para a renovação do prazo de Concessão do Estacionamento Rotativo (Zona Azul) no Município.

 

Estiveram presentes na reunião, o Procurador Jurídico do Município, Luiz Henrique Gusmão; o secretário Municipal de Infraestrutura, Transportes e Trânsito (Seintra), Adriano Barreto, o diretor Municipal de Trânsito, Flávio Thomé, o diretor Administrativo do Sistema Viário, Heitor Santos; o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Três Lagoas (ACITL), Fernando Jurado; o Presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Três Lagoas (SINDIVAREJO), Sueide Silva Torres e o Presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Três Lagoas (SECTL), Eurides Freitas, 

 

Na ocasião, os dirigentes optaram pela não renovação do contrato, cujo término está previsto para o próximo domingo (16). Os representantes justificaram que a medida foi determinada devido à situação pandêmica de Três Lagoas e da crise econômica mundial ocasionada pela Covid-19. 

 

Para o prefeito Angelo Guerreiro, esta foi a melhor decisão considerando a situação da pandemia no país. “Estamos vivendo uma situação que nunca imaginamos com essa Pandemia Mundial. Evidenciamos com as informações dos representantes presentes que o comércio está parado com poucas lojas vendendo; as pessoas estão com medo de saírem de suas casas; então entendemos que a melhor decisão neste momento é a não renovação do contrato”, destacou via assessoria.

 

Diretor Municipal de Trânsito, Flávio Thomé ressalta que apesar da importância da Zona Azul, é necessário ter cautela devido à instabilidade econômica atual.“Em conversa com a equipe e os representantes tivemos a mesma opinião sobre a importância do serviço na Cidade em um segundo momento, quando a economia estiver mais equilibrada, por isso planejamos fazer uma nova reunião para a contratação do serviço futuramente e para isso estudaremos novas propostas e modelos para o Município”, explicou Flávio via assessoria.

 

 

Comente esta notícia