00:00:00 Quarta-feira, 24 de Julho de 2024


Cotidiano Sexta-feira, 28 de Abril de 2017, 17:36 - A | A

Sexta-feira, 28 de Abril de 2017, 17h:36 - A | A

Negociação

Governo promete incentivos fiscais para que empresas de vestuário aumentem atividades em Três Lagoas

Expectativa é que até 180 novas vagas de emprego sejam geradas com a expansão das indústrias

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação/Governo do Estado

Governo promete incentivos fiscais para que empresas de vestuário aumentem atividades em Três Lagoas

Empresários e representantes do governo estadual e municipal discutiram a expansão da indústria de vestuário no município

Três Lagoas deve ter, em breve, duas novas empresas com expansão das atividades no município. As indústrias TNG e Lorsa Jeans, que fabricam peças de vestuário, discutem com o Governo da Estado a possibilidade de receber incentivos fiscais para que aumentem a produção nas fábricas da cidade.

Em reunião nesta quinta-feira (27), o governador Reinaldo Azambuja e o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, se reuniram com empresários responsáveis pelas empresas para discutir a possibilidade de isenção ou diminuição de impostos em troca de novas vagas de emprego.

Conforme estimativa do empresário Paulo Totaro, dono da Lorsa Jeans, a instalação de uma fábrica em Três Lagoas geraria 50 empregos diretos, podendo chegar a 100 em segundo momento. Já uma possível ampliação da unidade da TNG, que já está na cidade, faria o número de colaboradores dobrar de 80 para 160, falou Tito Alcântara Bessa Júnior, proprietário da marca.

A proposta será apresentada oficialmente por meio da carta consulta ao poder público, mas a efetivação dos projetos já é tida como certa por todos que participaram da audiência. Também estiveram presentes no encontro o deputado estadual, Eduardo Rocha e o secretário de Desenvolvimento Econômico de Três Lagoas, Antonio Luiz Teixeira Empke Junior, representando o prefeito Ângelo Guerreiro.

Comente esta notícia