00:00:00 Quarta-feira, 24 de Julho de 2024


Cotidiano Segunda-feira, 10 de Setembro de 2018, 15:53 - A | A

Segunda-feira, 10 de Setembro de 2018, 15h:53 - A | A

DESTRUIÇÃO

Incêndio na região Leste chega a 12 dias e destrói propriedades

Queimada também devastou grande área entre as cidades paulistas de llha Solteira e Itapura

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Reprodução

Incêndio na região Leste chega a 12 dias e destrói propriedades

A grande estiagem que atinge o MS possibilita a propagação de queimadas

Um incêndio de grandes proporções devastou pelo menos cinco fazendas na região de Inocência. A queimada durou 12 dias e avançou sobre a vegetação, casas e a produção de das propriedades. Com o longo período de estiagem o fogo se espalhou rápido. As causas do incêndio ainda são desconhecidas, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

Reprodução

Incêndio na região Leste chega a 12 dias e destrói propriedades

A grande estiagem que atinge o MS possibilita a propagação de queimadas

 

Segundo o site Perfil News, o fogo que começou na madrugada do dia 30 de agosto. O 4º SGBM/Ind (Subgrupamento de Bombeiros Militar – Independente) de Paranaíba atendeu a região, apoiados por brigadistas formados pelos proprietários e trabalhadores das fazendas.
 
Clima
A região é montanhosa e de difícil acesso. O clima também é um fator preponderante para o avanço das chamas: não há previsão de chuva e, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) a temperatura máxima nesta segunda-feira (10) pode chegar a 38°C. Apesar de o incêndio ter sido praticamente debelado, ainda está sendo feito o rescaldo para extinguir pequenos focos de queimadas que permanecem ativos.
 
Crime ambiental
A grande estiagem que atinge o MS possibilita a propagação de queimadas. Por isso, todo o cuidado é pouco no descarte de material inflamável ou que possa iniciar um incêndio. Segundo o Código Penal, causar incêndio, expondo perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outras pessoas, é crime passível de pena de 3 a 6 anos de reclusão, acrescida de multa. Se o incêndio for considerado culposo é pena de detenção, de seis meses a dois anos.

Reprodução

Incêndio na região Leste chega a 12 dias e destrói propriedades

A grande estiagem que atinge o MS possibilita a propagação de queimadas

Comente esta notícia