Sábado, 22 de Junho de 2024


Cotidiano Quarta-feira, 24 de Abril de 2019, 10:50 - A | A

Quarta-feira, 24 de Abril de 2019, 10h:50 - A | A

Investigação

MPT MS anuncia que vai apurar o encerramento das atividades da PepsiCo no MS

A assessoria da Multinacional emitiu uma nota confirmando toda a assistência que já esta sendo dada aos funcionários

Juliana Brum
De Três Lagoas para o Capital News

Juliana Brum/Arquivo Capital News

Fábrica da Mabel encerra atividades em Três Lagoas e surpreende funcionários

Funcionários declaram que estão recebendo corretamente oque a empresa havia garantido

A noticia do fechamento da empresa PepsiCo, a antiga Mabel em Três Lagoas, ocorrida no ultimo dia 15 de abril, pegou todos de surpresa e após o fechamento da Fabrica nesta segunda (22), o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul (MPT-MS), anunciou  abertura de procedimento para apurar a decisão da PepsiCo de encerrar a fabricação de biscoitos Mabel e Elbi’s na unidade do Município de Três Lagoas, com a conseqüente demissão de aproximadamente 400 trabalhadores diretos e terceirizados.

A medida foi adotada após audiência com o advogado do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins (STIA) de Três Lagoas e Brasilândia, Nilson Cavalcante, que apontou a ausência de prévia comunicação pela empresa sobre o fechamento daquela planta industrial. O inquérito civil também visa averiguar a regularidade no pagamento das verbas rescisórias, de modo que sejam resguardados todos os direitos previstos na Constituição, nas leis trabalhistas e nos acordos coletivos de trabalho.



A assessoria da Multinacional PepsiCo  emitiu uma nota após a divulgação  da apuração do MPT  MS a respeito do encerramento da Fabrica e destacou o apoio total aos funcionários demitidos no ultimo dia 15 de abril.

 

NOTA

A PepsiCo esclarece que não recebeu, até este momento, notificação do MPT. Reiteramos que cumprimos todos os trâmites legais referentes ao fechamento da planta de Três Lagoas e estamos oferecendo aos nossos funcionários total apoio neste momento de transição.

Conforme amplamente noticiado pela imprensa três-lagoense e pelo próprio site do MPT, a empresa ofereceu um pacote financeiro que vai além das verbas rescisórias exigidas por lei, além do valor equivalente a três meses de plano de saúde e vale-refeição. A PepsiCo também vai proporcionar aos colaboradores treinamentos com conteúdos diversos, como planejamento financeiro, empreendedorismo e preparação de currículos – que a companhia encaminhará para outras empresas da região. A PepsiCo está à disposição do MPT para eventuais esclarecimentos. (Comunicação Corporativa PepsiCo do Brasil).

A reportagem procurou funcionários da empresa PepsiCO que confirmaram que o pagamento proposto foi feito e esta sendo cumprido tudo  o que a empresa propôs no dia do anuncio do encerramento das atividades no MS. Muitos receberam no ultimo dia 23 como havia sido acordado.

Comente esta notícia