Sábado, 15 de Junho de 2024


Cotidiano Sábado, 02 de Julho de 2016, 10:09 - A | A

Sábado, 02 de Julho de 2016, 10h:09 - A | A

Doenã crônica

Paciente que necessitava de hemodiálise morre em hospital de Três Lagoas

Há quase dois meses vítima esperava por tratamento

Edyelk dos Santos
Capital News

O paciente José Manoel da Silva, de 55 anos, que sofria de diabetes e insuficiência renal crônica, no hospital Nossa Senhora Auxiliadora, de Três Lagoas, faleceu na última quinta-feira (30). A vítima aguardava, há quase dois meses, por uma vaga de hemodiálise na unidade, contudo não resistiu às complicações das doenças e veio a óbito.

Divulgação/TL Notícias

Paciente que necessitava de hemodiálise morre em hospital de Três Lagoas

Caso de paciente será investigado pela justiça

No dia 21 de maio, José enviou requerimento à secretaria municipal de Saúde, no documento, o aposentado pediu, com máxima urgência, que a prefeitura liberasse sua hemodiálise. “Caso não a faço, corro o risco de morrer. Aguardo prazo de 24horas’’, citou ele, sem condições financeiras parar arcar com o procedimento pela rede particular.

Ainda na declaração, o morador anexou um relatório médico expedido pelo neufrologista Renato Pontelli. No laudo, o profissional destacou que não havia mais nenhuma vaga para hemodiálise no hospital e que José podia perder a vida caso ficasse sem o tratamento.

A solicitação do aposentado não foi atendida pela Secretaria de Saúde. Por conta disso, ele recorreu ao Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul e relatou seu caso.

No dia 30 de maio, a Juíza de Direito Aline Beatriz de Oliveira Lacerda determinou que, dentro de 24 horas, o Município providenciasse a hemodiálise do paciente. O prazo expirou e a prefeitura não obedeceu a Ação de Obrigação emitida pela Justiça.

O caso será investigado pela justiça.

Comente esta notícia