00:00:00 Sábado, 20 de Julho de 2024


Cotidiano Terça-feira, 15 de Junho de 2021, 10:51 - A | A

Terça-feira, 15 de Junho de 2021, 10h:51 - A | A

Covid-19

Prefeito autoriza reabertura do comércio em Três Lagoas

Governo do estado rejeitou solicitação para município voltar a bandeira vermelha

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/Assessoria

Prefeito Angelo Guerreiro e os 17 vereadores tomam posse em sessão solene

Prefeito Angelo Guerreiro (PSDB)

Por meio do Decreto nº 229 publicado na última segunda-feira (14), o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro (PSDB), autorizou a reabertura do comércio de médio e baixo risco, considerado não essencial no município. A medida foi estabelecida após o Governo do Estado rejeitar o ofício encaminhado pela prefeitura, solicitando que o município volte a bandeira vermelha. A última atualização do mapa Prosseguir enquadrou Três Lagoas e outros 43 municípios na bandeira cinza, o que representa risco extremo de contágio da Covid-19.

 

De acordo com o decreto, o prefeito argumenta que o Poder Executivo Municipal instituiu  diversas medidas para prevenir a disseminação da Covid-19, além de investir na Saúde e na melhoria das unidades que atendem pacientes acometidos com a doença.

 

Entre as justificativas incluídas no decreto, está a taxa de ocupação de leitos Covid. O documento afirma que em relação aos leitos ocupados apenas 50% correspondem a pacientes que residem em Três Lagoas, e que mais da metade da capacidade foi ocupada com pessoas de outras cidades, visto que o hospital é referência na macrorregião. Diante disso, a prefeitura considera que a longo prazo, o município sofrerá as consequências de ser sede de macrorregião de saúde, internando pacientes de outros municípios independentemente da quantidade de leitos disponíveis ou do êxito das medidas de restrição locais

 

O decreto estabelece ainda que cabe aos municípios a adoção de medidas para o enfrentamento à pandemia, conforme declarado pelo Supremo Tribunal Federal nos julgamentos da ADI n. 6.341 – DF ADPF 672. De acordo com o prefeito, a medida visa garantir o direito à saúde e proporcionar a continuidade da atividade econômica no município.

 

Com o novo decreto municipal, ficam estabelecidas as medidas restritivas da classificação de Bandeira Vermelha do Prosseguir, com isso o horário do Toque de Recolher, será das 21h às 05h, a partir de segunda-feira (14).

 

Comente esta notícia