00:00:00 Domingo, 21 de Julho de 2024


Cotidiano Sexta-feira, 24 de Março de 2017, 16:59 - A | A

Sexta-feira, 24 de Março de 2017, 16h:59 - A | A

Ambulantes

Prefeitura e Associação Comercial discutem situação dos ambulantes e novas parcerias

Aumento do número de linhas para o transporte coletivo também foi colocado em pauta na reunião

Gian Nascimento
Capital News

Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas

Prefeitura e Associação Comercial discutem situação dos ambulantes e novas parcerias

Encontro marcou uma primeira aproximação da administração municipal com a nova gestão da ACI

A fiscalização de ambulantes e novas linhas de transporte coletivo foram algumas das pautas abordadas em reunião nesta semana entre o prefeito de Três Lagoas, Angelo Guerreiro, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, AntonioEmpke, e a nova gestão da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Três Lagoas.

Os temas foram colocados em debate como primeira preocupação da nova diretoria da ACI, que observa a necessidade de ampliar as linhas que atendem os bairros e a fiscalização sobre a atuação de ambulantes e itinerantes na cidade, que foram recentemente proibidos de trabalhar na área central, mas continuam em áreas em torno, prejudicando o comércio.

As partes também se mostraram integradas no objetivo de trabalharem em conjunto em promoções e eventos realizados pela entidade, abordando também projetos sobre a fomentação do comércio local e de novas parcerias com a administração municipal. “Sabemos que o momento é delicado, pois vivemos uma crise, mas temos que criar alternativas para se alcançar o sucesso. Nossa administração é movida por parcerias”, disse o prefeitoAngelo Guerreiro.

O secretário de Desenvolvimento, AntonioEmpke, prometeu analisar as propostas e quando viável atender a categoria. “É extremamente importante essa parceria, pois o nosso comércio local precisa muito de ajuda e é inquestionável sua participação na nossa economia. Somos solidários as demandas e dentro de nossas possibilidades iremos atendê-las”, concluiu.




Comente esta notícia