Três Lagoas/MS, Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019, 13h:32
Tamanho do texto A - A+

Prefeitura e Governo do Estado estimam R$ 8 milhões para recuperar o Lago no Parque das Nações

No início de junho será realizado o desassoreamento do lago para retirada de aproximadamente 140 mil metros cúbicos de areia.

Flavia Andrade
Capital News

Deurico/Capital News

Parque das Nações Indígenas

Parque das Nações Indígenas

 

Parceria entre a Prefeitura de Campo Grande e o Governo do Estado anunciam o início das obras para a primeira  quinzena de junho, para a recuperação do lago do Parque das Nações Indígenas.

 

Segundo a Prefeitura, a estimativa é que sejam investidos R$ 8 milhões no desassoreamento; construção de  um piscinão  no Córrego Reveillon, na esquina das avenidas Mato Grosso com Hiroshima; obras de controle de erosão e recomposição vegetal das margens do Córrego  Joaquim Português; e implantação de uma comporta de regulação do nível do lago, tão logo o desassoreamento esteja concluído.

 

Na primeira quinzena de junho, será iniciado o desassoreamento do lago para retirada de aproximadamente 140 mil metros cúbicos de areia, com a utilização de escavadeiras hidráulicas.  Se as condições climáticas permitirem, a expectativa é que em três meses este serviço fique pronto.

 

Buscando evitar o retorno do assoreamento no lago , com o carreamento de areia junto com a enxurrada  que desce dos bairros do entorno do Parque dos Poderes, serão executados dois projetos  nos córregos  Reveillon e Manoel  Português, cujas águas formam o lago. No Reveilleon, a Prefeitura pretende implantar um piscinão, inicialmente projetado para armazenagem de 22 mil metros cúbicos de água. No Manoel Português,  o Governo do Estado vai executar obras de controle de erosão e replantio da vegetação nas margens. Os projetos já estão sendo contratados e a licitações devem ocorrer até dezembro de 2019.

 

As intervenções programadas, de acordo com o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, “além de recuperar  um  cartão postal da Capital, os lagos terão um papel importante no controle de enchentes de afluentes do Córrego Prosa, que  em dias de chuva mais intensa, transbordam na região do Shopping Campo Grande.  Terão capacidade para armazenar 65 mil metros cúbicos de água, o equivalente a três vezes a capacidade do piscinão que será construído nos altos da Avenida Mato Grosso”, afirma.

 

Na última segunda-feira (13), o secretário Rudi Fiorese reuniu-se com o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e  Agricultura Familiar, Jaime Verruck. Durante o encontro foi debatido as questões referentes ao termo de cooperação entre Estado e a Prefeitura, que será assinado nos próximos dias pelo governador Reinaldo Azambuja e o prefeito Marquinhos para  recuperação do lago do Parque das  Nações.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix