Segunda-feira, 24 de Junho de 2024


Cotidiano Quinta-feira, 22 de Setembro de 2016, 11:08 - A | A

Quinta-feira, 22 de Setembro de 2016, 11h:08 - A | A

Greve na educação

Profissionais da educação aderiram a greve e 20 mil alunos ficam sem aula

Profissionais da educação aderiram a greve e 20 mil alunos ficam sem aula

Edyelk dos Santos
Capital News

A manhã desta quinta-feira (22) é marcada protestos em Três Lagoas realizados pelos trabalhadores da educação estadual que aderiram a mobilização nacional. Por conta disso, mais de 20 mil alunos se encontram sem aula na cidade.

 

Divulgação/Hoje Mais

Profissionais da educação aderiram a greve e 20 mil alunos ficam sem aula

Paralisação teve início nesta manhã na cidade

De acordo com o site Hoje Notícias, a Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems) declarou, por meio de nota, que os objetivos dos profissionais é alertar a sociedade sul-mato-grossense para a perda de direitos da Classe Trabalhadora que irá atingir em cheio a qualidade do ensino público brasileiro.

 

Serão realizadas, além das paralisações em duas redes de ensino, Estadual e Municipal, diversas audiências públicas e atos de rua, puxados pelos 73 sindicatos da Federação.

 

Em Três Lagoas, categoria se reúne em frente ao prédio do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Sinted) de Três Lagoas como forma de manifestação. No local, há a panfletagem de uma Carta Aberta à população.

Comente esta notícia