00:00:00 Domingo, 21 de Julho de 2024


Cotidiano Segunda-feira, 03 de Abril de 2017, 17:26 - A | A

Segunda-feira, 03 de Abril de 2017, 17h:26 - A | A

CELULOSE

Projeto Horizonte 2 da Fibria tem início de operação antecipado para setembro

Nova fábrica já tem 87% das obras concluídas

Gian Nascimento
Capital News

Divulgação/Fibria

Projeto Horizonte 2 da Fibria tem início de operação antecipado para setembro

Segunda linha de produção da Fibria em Três Lagoas deve ser finaliza no terceiro trimestre deste ano

Prevista para entrar em operação no último trimestre deste ano, a segunda linha de produção da Fibria, o Projeto Horizonte 2, em Três Lagoas, deverá ter a conclusão das obras antecipadas e já em setembro a empresa prevê o início da produção de celulose na nova fábrica.

A obra está atualmente 87% concluída e o avanço financeiro está em 59%. Em fevereiro, iniciaram-se as obras do terminal intermodal em Aparecida do Taboado, que atenderá o escoamento da produção de celulose da nova fábrica em Três Lagoas para o Terminal de Macuco, no Porto de Santos/SP, que também já está em construção.

O terminal intermodal – que integra vários meios de transporte, como o rodoviário e o ferroviário – está localizado na BR 158 e terá capacidade para escoar 1,95 milhão de toneladas de celulose por ano. O término das obras do terminal está previsto para julho de 2017.

“Desde o anúncio da nossa expansão, em 2015, investimos todos os nossos esforços na conclusão do Projeto Horizonte 2, sempre amparados em uma estrutura financeira sólida. A antecipação da operação da nova linha em Três Lagoas representa o começo de uma nova fase para a companhia, de colher os frutos que plantamos”, disse o presidente da Fibria, Marcelo Castelli.

A base florestal para abastecer a nova linha de produção da Fibria também já está assegurada e próxima à fábrica de Três Lagoas, com raio máximo de 100 quilômetros de distância, conforme planejado. Dos 187 mil hectares de florestas plantadas necessárias para abastecer a nova unidade, já foram plantados 135 mil hectares de eucalipto e outros 52 mil hectares ainda serão plantados entre 2017 e 2018.

A Fibria estima que, de setembro até o final do ano, a nova fábrica em Três Lagoas irá produzir 377 mil toneladas de celulose. O aumento da produção virá gradualmente, atingindo a plena capacidade de 1,95 milhão de toneladas/ano em 2020.

Comente esta notícia