Três Lagoas/MS, Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 06 de Janeiro de 2021, 18h:46
Tamanho do texto A - A+

SEMEA solicita esclarecimentos à CTG Brasil sobre possível dano ambiental no Rio Sucuriú

Prefeitura de Três Lagoas notificou a empresa por conta da redução drástica do nível das águas

Flavia Andrade
Capital News

 

 

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA) de Três Lagoas, encaminhou ofício à Gerência de Meio Ambiente da Usina Hidrelétrica Jupiá (UHE) e a CTG Brasil, sigla da empresa “China Three Gorges Corporation”, que, desde 2015 é concessionária controladora da geração de energia de Jupiá.

 

De acordo com o ofício, de 05 de dezembro de 2021, o secretário de Meio Ambiente e Agronegócio, Celso Yoshikazu Yamaguti, solicita “esclarecimentos quanto ao possível dano ambiental causado na referida área do lago formado pelas águas do Rio Sucuriú”, enfatiza.A secretaria solicita também, cópia de todas as licenças ambientais decorrentes do processo operacional da Usina Hidrelétrica Jupiá. 

 

A prefeitura se preocupou após a redução drástica do nível das águas, comprometendo inclusive o uso público e recreativo do Balneário Municipal “Prefeito Jorge Tabox” e ranchos particulares daquela região, a qual tornou-se visível no final da semana passada, a partir de domingo (03), conforme alerta de proprietários de ranchos situados às margens do rio Sucuriú.

 

A notificação da Secretaria se fundamenta nos seguintes pontos: a redução significativa do nível das águas; é uma área de domínio da CTG Brasil; e o controle de geração de energia segue determinação do Operador Nacional de Sistema (ONS).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix