00:00:00 Sábado, 20 de Julho de 2024


Cultura e Entretenimento Quarta-feira, 07 de Julho de 2021, 13:21 - A | A

Quarta-feira, 07 de Julho de 2021, 13h:21 - A | A

História

Após 40 anos parada, Maria Fumaça de 1920 se torna patrimônio histórico de MS

Locomotiva a vapor será restaurada e ficará em exposição

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/PMTL

Após 40 anos parada, Maria Fumaça de 1920 se torna patrimônio histórico de MS

Maria Fumaça de Três Lagoas

Prefeitura de Três Lagoas anunciou a revitalização da tradicional Maria Fumaça que entrará em exposição na Estação Ferroviária do município. A locomotiva a vapor da marca Baldwin, modelo 405, foi fabricada no ano de 1920 e é considerada um patrimônio histórico da cidade.

 

De acordo com a prefeitura, em 2020, equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), estiveram em Três Lagoas para realizar retirada da locomotiva que seria encaminhada para o acervo patrimonial da Ferrovia em Campo Grande. Contudo, o prefeito, Angelo Guerreiro, recorreu da decisão solicitando oficialmente em Brasília, que a Maria Fumaça ficasse em Três Lagoas como patrimônio histórico.

 

Para a Secretária Municipal de Educação de Cultura, Angela Brito, a iniciativa é um meio de preservar a história do município. “Em breve a Maria Fumaça ficará em exposição junto à Estação Ferroviária, oferecendo, assim, a oportunidade para os cidadãos três-lagoenses, moradores e turistas a visitação, resgatando o Patrimônio Cultural e a história”, destacou via assessoria.

 

Angelo Guerreiro explica que antes da restauração, a Maria Fumaça estava parada a mais ou menos 40 anos no pátio da Ferrovia. “Ao restaurarmos a Maria Fumaça estamos resgatando a história de muitos trabalhadores de Três Lagoas, pessoas que fizeram história”, enfatizou o prefeito de Três Lagoas.

 

Comente esta notícia