00:00:00 Quinta-feira, 25 de Julho de 2024


Economia Quinta-feira, 08 de Março de 2018, 07:49 - A | A

Quinta-feira, 08 de Março de 2018, 07h:49 - A | A

crise

Alta carga tributária leva a fechamento de três postos de combustíveis

A nova política de ajuste de preços adotada pela Petrobras também contribuiu para o cenário

Laura Holsback
Capital News

Hugo Leal/JP News

Alta carga tributária leva a fechamento de três postos de combustíveis

Três postos fecharam nos últimos meses em Três Lagoas

A Alta carga tributária de Mato Grosso do Sul levou ao fechamento de três postos de combustíveis, nos últimos meses, em Três Lagoas. Um dos estabelecimentos que fechou as postas devido a dificuldades financeiras ficava às margens da BR-262, na divisa com o Estado de São Paulo. Outros dois na área central da cidade.

 

Segundo o site JP News, o diretor-secretário do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul (Sinpetro), Márcio Hirade, explica que o fechamento e a redução no abastecimento nos postos de Três Lagoa é consequência da carga tributária de Mato Grosso do Sul, mais elevada em comparação a do Estado de São Paulo, por exemplo.

 

Devido a isso, o preço do combustível na cidade é mais alto em relação ao praticado nos postos paulistas. Muitos motoristas da cidade atravessam a ponte sobre o rio Paraná para abastecer os veículos

 

Além disso, a nova política de ajuste de preços dos combustíveis adotada pela Petrobras desde julho do ano passado, bem como o cenário econômico do país em 2017, segundo o diretor, contribuíram para a atual situação do setor.

 

Ainda de acordo com Hirade, houve uma redução de 40% nos postos de trabalho em Três Lagoas.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), atualmente existem 22 postos de combustíveis abertos na cidade.

 

Comente esta notícia