Três Lagoas/MS, Terça-Feira, 07 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Economia
Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 13h:55
Tamanho do texto A - A+

Prejuízo na produção industrial é comparada a ultima queda histórica do setor em 2002

As retrações refletem os efeitos das medidas de isolamento social

Juliana Brum
Capital News

Os prejuízos devido a pandemia mundial já podem ser vistos na economia nacional conforme trouxe o IBGE que alertou sobre a queda brusca na produção industrial com 18,8% na passagem de março para abril deste ano.

 

Também foram observados recuos de 27,2% em relação a abril de 2019 (outro recorde da série histórica), de 8,2% no acumulado do ano e de 2,9% no acumulado de 12 meses. A última queda histórica registrada foi em 2002.

 

As retrações refletem os efeitos das medidas de isolamento social impostas para combater a pandemia do novo coronavírus (covid-19). 

 

Somando-se ao resultado de março, quando começaram essas medidas quando também houve recuo, a produção industrial acumula perdas de 26,1% no bimestre.

 

O portal Agência Brasil destacou a posição do gerente do IBGE. “O resultado de abril decorre, claramente, do número maior de paralisações das várias unidades produtivas, em diversos segmentos industriais, por conta da pandemia. Março já tinha apresentado resultado negativo. Agora, em abril, vemos um espalhamento, com quedas de magnitudes históricas, de dois dígitos, em todas as categorias econômicas e em 22 das 26 atividades pesquisadas”, disse o gerente da pesquisa, André Macedo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix