00:00:00 Sábado, 20 de Julho de 2024


Economia Terça-feira, 03 de Janeiro de 2023, 08:27 - A | A

Terça-feira, 03 de Janeiro de 2023, 08h:27 - A | A

Planejamento

Verruck acredita que ministra Simone Tebet pode destravar novela UNF3 em Três Lagoas

Unidade de fertilizantes da Petrobrás está com obras paradas desde 2014

Rogério Vidmantas
Capital News

Divulgação/Semagro

Petrobras retoma processo de venda da UFN3, em Três Lagoas

Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III em Três Lagoas (UFN3)

O imbróglio que envolve a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN3) da Petrobrás, em Três Lagoas, pode ter um fim com o novo governo federal. Pelo menos é o que acredita o titular da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), Jaime Verruck, que continua a frente da pasta na atual gestão que se inicia do governador Eduardo Riedel.

 

Para ele, o fato de Simone Tebet assumir o Ministério do Planejamento pode facilitar o trâmite para que a unidade seja concluída e possa iniciar produção ou, se for o caso, vendida à iniciativa privada.

Deurico/Capital News

Verruck acredita que ministra Simone Tebet pode destravar novela UNF3 em Três Lagoas

Secretário da Semadesc Jaime Verruck

 

A obra de construção da unidade está parada desde 2014, com aproximadamente 80% concluída. Na ocasião, a Petrobrás rompeu contrato com o consórcio responsável e, em 2017, alegando não ter mais interesse em se manter no segmento de fertilizantes, colocou a UFN3 a venda, mas até agora não teve sucesso.

 

Verruck disse com exclusividade a reportagem do Capital News, que a Ministra Tebet tem todo o conhecimento do histórico da UFN3 e poderia, com propriedade, intervir para que um rumo seja tomado, já que o objetivo do Governo Federal seria o mesmo do Estadual, o término da obra, considerando a visão estratégica do país em relação à fertilizantes.

José Cruz/Agência Brasil

Lula confirma Simone Tebet como ministra do Planejamento e Orçamento

Presidente Lula e a ministra do Planejamento, Simone Tebet

 

“Acredito que a senadora Simone Tebet, agora no Ministério do Planejamento, tem capacidade de fazer uma intervenção direta para que ou se continue o processo de venda desse ativo ou para que a Petrobrás conclua a obra, como chegamos a sugerir à época ao Governo Bolsonaro que, caso não houvesse a venda, que o próprio Governo Federal”.

 

Se concluída, a unidade UFN3 de Três Lagoas poderia produzir ureia e amônia de 3.600 t/dia e 2.200 t/dia, respectivamente. A capacidade de produção de ureia representaria aproximadamente 20% do consumo aparente brasileiro em 2020, por exemplo.

 

A expectativa e que ela funcionando conforme sua planta original, o Mato Grosso do Sul, através da MS Gás poderá atender as demandas estimadas de  2,5 milhões de metros cúbicos (m³) diários de gás natural, dessa fábrica da Petrobras de Três Lagoas, contribuindo assim para a geração de renda e empregos na região.

 

Comente esta notícia