CapitalNews

Sábado, 12 de Outubro de 2019, 15h:49

Rodrigo Cascca volta ao Águia Negra em 2020

Acerto com técnico campeão foi concluído em reunião neste sábado

Rogério Vidmantas
Capital News

Arquivo Pessoal

Águia Negra

Iliê Vidal, membros da diretoria e Rodrigo Cascca (dir) em reunião neste sábado

Agora é oficial. Rodrigo Cascca retorna ao Águia Negra para o Campeonato Estadual 2020. O acordo com o treinador foi anunciado pelo presidente Iliê Vidal na manhã deste sábado (12) por meio de um vídeo em rede social. Campeão em 2019 no clube, Cascca terá responsabilidade de montar a Comissão Técnica que irá trabalhar com ele na próxima temporada.

 

O acordo entre clube e treinador foi rápido, até pelo interesse mútuo. Durante a semana, Iliê disse que a prioridade era ter Rodrigo Cascca na próxima temporada. Do outro lado, o técnico afirmou que teria recebido sondagens de outros clubes, mas só pensaria nessa possibilidade depois de ouvir a proposta do clube sul-mato-grossense.

 

Convidado pelos dirigentes, Cascca viajou para Rio Brilhante, onde se reuniu com a cúpula do Águia na manhã deste sábado, selando o acordo. “Definimos que o Cascca será o nosso treinador e iremos buscar mais uma vez o título sul-mato-grossense. Estamos muito felizes e com o apoio dos empresários e do torcedor, o Águia Negra irá voar mais alto em 2020”, disse o presidente no vídeo postado em seu Facebook pessoal. 

 

Em conversa com o Capital News, Iliê deu outros detalhes do acordo. Os auxiliares, inclusive, serão escolhidos pelo treinador. “Ele vai buscar preparador físico que se encaixe no perfil de trabalho dele. O elenco é prioridade mantermos jogadores que estavam este ano e depois buscarmos outros nomes”, disse. Os treinos começam no dia 27 de dezembro e, segundo informações, 70% do grupo já estaria apalavrado com o clube. 

 

Série D

 

De acordo com o dirigente, o acerto com o técnico inclui a permanência dele também para a Série D do Campeonato Brasileiro, que começa em maio e, em 2020, em um formato diferente, com 14 jogos na primeira fase. Mas essa é a única certeza em relação à competição nacional.

 

A manutenção do elenco para o Brasileiro e possibilidade de reforços dependem da receita. “Temos a cota de participação da Copa do Brasil que vai nos ajudar a equacionar dívidas antigas e parte para a montagem do grupo para o Campeonato Estadual. Se conseguirmos melhorar essa cota avançando de fase, teremos uma condição melhor para a Série D. Caso contrário, precisaremos nos adequar à realidade do momento, com um time de menor custo”, explicou Iliê.

 

O Águia Negra ainda não conhece o adversário na primeira fase da Copa do Brasil, definido por sorteio e de acordo com a posição no Ranking Nacional de Clubes, divulgado em dezembro pela CBF. O certo é que a partida única aconteça no Estádio Ninho da Águia e com a obrigação de vitória para avançar, já que o adversário, certamente melhor posicionado, jogará pelo empate. 

 


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br