Três Lagoas/MS, Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Internacional
Sexta-Feira, 22 de Maio de 2020, 17h:56
Tamanho do texto A - A+

Agentes de saúde britânicos iniciarão teste de hidroxicloroquina

Estudo é liderado pela Universidade de Oxford

Hélder Rafael
Capital News

Reuters

Agentes de saúde britânicos iniciarão teste de hidroxicloroquina

Agentes de saúde britânicos iniciarão teste de hidroxicloroquina

Profissionais de saúde do Reino Unido começarão a participar de um teste internacional de dois remédios antimalária, liderado pela Universidade de Oxford, para descobrir se eles podem evitar a covid-19.

 

O estudo envolverá mais de 40 mil profissionais de saúde da linha de frente da Europa, África, Ásia e América do Sul para determinar se a cloroquina e a hidroxicloroquina são eficazes na prevenção do novo coronavírus.

 

A demanda por hidroxicloroquina disparou depois que Trump a louvou no começo de abril. No início desta semana, o líder norte-americano disse que agora está tomando o remédio como medicação preventiva contra o vírus, apesar dos alertas médicos a respeito de seu uso.

 

O teste liderado pela Universidade de Oxford com apoio da Unidade de Pesquisa de Medicina Tropical de Oxford de Mahidol (Moru), em Bangcoc, será aberto a participantes britânicos em instalações hospitalares de Brighton e Oxford e envolve aqueles que estão em contato próximo com pacientes comprovados ou suspeitos de covid-19.

 

Agências reguladoras dos EUA autorizaram o uso emergencial de hidroxicloroquina para pacientes de coronavírus, mas a Agência de Alimentos e Remédios do país alertou para seu uso em pacientes da covid-19 fora dos testes hospitalares ou clínicos devido ao risco de problemas graves de arritmia cardíaca.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix