Três Lagoas/MS, Sábado, 04 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Internacional
Domingo, 03 de Maio de 2020, 12h:09
Tamanho do texto A - A+

Câmara da Bolívia aprova projeto que adia eleições gerais

Pesquisas apontam Luis Arce, candidato de Evo Morales, como favorito

Hélder Rafael
Capital News

Reuters

Câmara da Bolívia aprova projeto que adia eleições gerais

Câmara da Bolívia aprova projeto que adia eleições gerais

A Câmara dos Deputados da Bolívia aprovou o projeto de Lei de Adiamento das Eleições Gerais, que determina que as votações devem acontecer num prazo de 90 dias a partir da promulgação da lei. O projeto vai agora para revisão no Senado e depois será encaminhado ao governo para promulgação. Serão escolhidos presidente, vice-presidente, deputados e senadores.

 

“As eleições gerais de 2020 convocadas para o domingo, 3 de maio, pelo Tribunal Supremo Electoral, foram adiadas devido à situação de emergência sanitária e às medidas estatais de prevenção e atenção, resultado da pandemia da covid-19, que impedem a sua realização na data prevista", diz o Artigo 1º do projeto de lei.

 

Caberá ao TSE determinar a data exata do pleito, de acordo com critérios técnicos e científicos para garantir que os direitos políticos sejam exercidos plenamente e que sejam tomados os cuidados necessários para que não haja disseminação do coronavírus.

 

As últimas pesquisas sobre a tendência dos votos apontam Luis Arce, do Movimento pelo Socialismo (MAS), como candidato favorito à presidência.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix