00:00:00 Sexta-feira, 12 de Julho de 2024


Polícia Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018, 13:38 - A | A

Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018, 13h:38 - A | A

EM INVESTIGAÇÃO

Gerente industrial que matou a ex-esposa é achado morto

O homem não aceitava o fim do casamento por isso matou a mulher

Laura Holsback
Capital News

JP News

Gerente industrial que matou a ex-esposa é achado morto

Renato foi achado morto com tiro na cabeça

O gerente industrial Renato Otoni, 62 anos, que matou a ex-esposa Halley Coimbra, 43 anos, foi achado morto nesta segunda-feira (15). Ele estava dentro de um carro, parado em uma trilha de terra entre uma mata e uma lavoura na área rural da região do Iate Clube de Castilho (SP). Renato tinha uma perfuração de tiro na cabeça.

 

Halley foi assassinada a tiros, no domingo (14), no bairro Santa Júlia, em Três Lagoas. Renato não aceitava o fim do casamento, segundo a família, por isso cometeu o crime.

 

A vítima foi morta na presença das filhas que tinha com o homem, de 3 e 5 anos de idade. Também estava na casa a enteada dele, de 15. 

 

De acordo com a Polícia Civil, o corpo de Renato estava dentro de um carro, aparentemente com um tiro na cabeça. Inquérito policial foi aberto para investigar a circunstância da morte dele.

 

Comente esta notícia