Três Lagoas/MS, Segunda-Feira, 24 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Polícia
Terça-Feira, 23 de Novembro de 2021, 09h:53
Tamanho do texto A - A+

Homem que matou adolescente em 2012 é preso

Motivação foi devido a um acerto de contas

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PCMS

Polícia Civil cumpre mandado em Três Lagoas

SIG Três Lagoas

Homem acusado de matar um adolescente em Três Lagoas no ano de 2012, foi preso nesta segunda-feira (23).  

 

Crime teria sido um acerto de contas. Por volta das 15h30 desta segunda-feira (23), uma equipe da Seção de Investigações Gerais (SIG), da Delegacia de Três Lagoas, durante diligências pelo bairro Alto do Boa Vista, em Três Lagoas, efetuaram a prisão de E.G.B., vulgo “Mancuso”, 45 anos, pela prática de homicídio qualificado por meio cruel, fato ocorrido no dia 02/10/2012, no bairro Alto do Boa Vista. Na época ele teria matado a pauladas o adolescente infrator Jhonatan Ramos Eubank, de 16 anos. 

 

A prisão de E.G.B. se deu em razão de ordem judicial expedida pelo juízo da 1ª Vara Criminal local (Tribunal do Júri), tendo em vista que ao acusado foi imposta pena de doze anos em regime fechado. De acordo com a Polícia Civil, após o cumprimento da ordem judicial, o detento foi encaminhado ao sistema carcerário, onde permanecerá à disposição da justiça.

 

Crime aconteceu no dia 30 de setembro de 2012, o adolescente Jhonatan Ramos Eubank matou seu próprio irmão, Natanael Ramos, que na época dos fatos tinha 21 anos. Este fato gerou revolta dos moradores da região, que resolveram se vingar de Jhonatan, o matando da mesma forma que ele matou o irmão, ou seja, a pauladas.

 

Ele foi agredido por E.G.B. dois dias após ter matado o irmão, chegou a ser socorrido, mas foi a óbito no dia 21 de outubro de 2012, no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas. Jhonatan possuía passagens por roubo, tráfico de drogas e homicídio tentado.

 

Serviço

Denúncias para a Delegacia da Polícia Civil de Três Lagoas poderão ser realizadas através dos telefones: ( 67) 3929-1173, (67) 3521-4984 ou (67) 99226-8210 (WhatsApp).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix