00:00:00 Sábado, 20 de Julho de 2024


Polícia Quinta-feira, 11 de Maio de 2017, 10:51 - A | A

Quinta-feira, 11 de Maio de 2017, 10h:51 - A | A

Operação Máquinas de Lama

Indústria de celulose tem objetos apreendidos pela Polícia Federal

Operação acontece em quatro cidades de MS e outros dois Estados

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Bruno Chaves/Arquivo Capital News

Eldorado Brasil, fábricas de celulose, produção de eucaliptos

Empresa teve computadores e documentos apreendidos pela Polícia Federal

A empresa de celulose Eldorado Brasil foi alvo de buscas pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (11), em Três Lagoas. A medida expedida pela Justiça faz parte da Operação Lama Asfáltica deflagrada em três Estados. Na indústria foram apreendidos computadores e diversos documentos que passarão por análise da Justiça.


Conforme a Polícia Federal, nesta etapa acontece à apreensão e análise dos materiais apreendidos em fases anteriores, cotejados com fiscalizações, exames periciais e diligências investigativas, as quais permitiram aprofundar o conhecimento nos delitos praticados pela organização criminosa.

Há provas de desvios e superfaturamentos em obras públicas, comono direcionamento de licitações e o uso de documentos falsos para justificar a continuidade e o aditamento de contratos, com a conivência de servidores públicos.

Os valores repassados a título de propina eram justificados, principalmente, com o aluguel de máquinas. As investigações demonstraram que estas negociações eram, em sua maioria, fictícias, com o único propósito de aparentar uma origem lícita aos recursos financeiros.Foi detectado também novas motivações para o pagamento de propinas aos servidores públicos e a consequente tentativa de lavagem de dinheiro, dentre os quais a obtenção de benefícios e isenções fiscais.

Ao todo, estão sendo cumpridos 32 mandados de busca e apreensão, três de prisão preventiva, nove de condução coercitiva, entre eles o ex-governador do Estado, André Puccinelli, na capital, e bloqueio de valores em reais em contas bancárias de pessoas físicas e de empresas. 

Em Mato Grosso do Sul, os mandados judiciais são cumpridos em Campo Grande, Nioaque, Porto Murtinho e Três Lagoas. Nos demais estados a ação está concentrada nas capitais, São Paulo e Curitiba. Aproximadamente 270 policiais federais, servidores da CGU e da Receita Federal, participam da operação de acordo com assessoria de comunicação da PF.

Comente esta notícia