Segunda-feira, 17 de Junho de 2024


Polícia Segunda-feira, 18 de Julho de 2016, 17:55 - A | A

Segunda-feira, 18 de Julho de 2016, 17h:55 - A | A

Jovens são presos durante churrasco com carne furtada

Um dos suspeitos é funcionário de uma fazenda na região da propriedade rural de onde os animais foram furtados

Marco Campos
De Três Lagoas para o Capital News

Um churrasco realizado em uma residência no bairro Paranapungá, em Três Lagoas, na ultima semana, foi interrompido pelos policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) que descobriram que os anfitriões da festa teriam furtado a carne servida aos seus convidados de uma fazenda da região do Batuíra.

TL Notícias

Jovens são presos durante churrasco com carne furtada

Animais foram furtados e fariam parte de "churrasco"

O crime aconteceu entre a noite de terça-feira (12) e a madrugada de quarta-feira (13) e foi notado pelo fazendeiro na mesma manhã, que verificou que de sua propriedade foram subtraídos 25 sacos de sal e cinco carneiros vivos.

Os policiais receberam a denúncia e passaram a apurar o crime, trabalhando na linha investigativa de que um funcionário da fazenda, um jovem de 23 anos conhecido como "Carranca", poderia ser o responsável pelo crime.

Diante da suspeita, os investigadores foram até a casa do jovem e em contato com a sua mãe, receberam a informação de que ele havia se mudado recentemente e que ela não sabia informar o seu paradeiro, porem para contribuir com o trabalho da polícia, a mulher informou o endereço de um amigo do suspeito, que teria lhe ajudado com a mudança.

Os policiais se deslocaram até a Rua Mário Cesar Mancine, onde se depararam com uma grande quantidade de carros estacionados na rua, no interior da referida residência haviam muitas pessoas e na brasa da churrasqueira, haviam partes do carneiro que fora furtado.

Os policiais foram informados que os responsáveis pelo churrasco eram quatro pessoas, um de 31 anos, outro de 26 anos e dois de 23 anos. Os policiais realizaram uma vistoria no local e encontraram um carneiro vivo em um dos quartos da residência alem de uma porção de crack.

Buscas foram realizadas na casa de um dos suspeitos onde foi encontrado um carneiro pronto para o consumo. Os quatro envolvidos foram presos e conduzidos até a sede do SIG onde foram indiciados pelo crime de furto.

Na manhã de quinta-feira (14), os investigadores foram até a casa de outro suspeito e encontraram mais dois carneiros vivos.

Comente esta notícia