Sábado, 15 de Junho de 2024


Polícia Sexta-feira, 25 de Março de 2022, 11:32 - A | A

Sexta-feira, 25 de Março de 2022, 11h:32 - A | A

Encontradas

Mulheres acusadas de roubar e agredir idoso são presas

Vítima foi amarrada e recebeu golpes de marreta

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação/PCMS

Mulheres acusadas de roubar e agredir idoso são presas

Mulheres acusadas de roubar e agredir idoso são presas

Seção de Investigações Gerais e do Núcleo Regional de Inteligência, prendeu duas mulheres, em cumprimento a mandados de prisão por condenação a oito anos de reclusão cada uma, pela prática do crime de roubo majorado em razão de lesão corporal de natureza grave sofrida pela vítima, um homem de 65 anos.  A vítima foi amarrada e agredida com golpes de marreta.  

 

Os mandados de prisão foram expedidos pela 2a Vara Criminal de Três Lagoas no dia 18. Segundo a Polícia Civil, as duas mulheres presas, juntamente com a filha de uma delas, invadiram uma residência, e de lá subtraíram roupas, eletrodomésticos e um veículo da vítima, tudo avaliado, à época dos fatos, em R$ 16 mil.

 

De acordo com o apurado no processo, na madrugada do crime, uma das mulheres invadiu a residência da vítima e de posse de uma marreta, exigiu que o idoso lhe entregasse dinheiro, mas diante da negativa do homem, passou a agredi-lo com marretadas na cabeça e pelo corpo, e depois, amarrou suas mãos, utilizando-se de peças de roupas e de um cinto. Em seguida, com a ajuda de uma das comparsas, carregou o veículo da vítima com diversos pertences, e depois, após a subtração dos objetos, antes de deixar a residência, ainda passou a pisotear a cabeça do idoso, saindo do local e deixando-o amarrado e sangrando. Após diligências, as mulheres foram identificadas, e o inquérito policial tramitou pela 3ª Delegacia de Polícia Civil, tendo a autoridade policial daquela unidade representado pela prisão temporária das mulheres, as quais foram presas dias depois.

 

No final do processo, as mulheres foram condenadas cada uma a oito anos de reclusão, e após recorrerem da sentença, as condenações foram mantidas, e assim expedidos os mandados de prisão.

 

De posse dos mandados, durante esta semana, equipes da SIG iniciaram diligências para o seu cumprimento, e com apoio do Núcleo Regional de Inteligência, prenderam as duas mulheres. A primeira, de 28 anos de idade, foi presa nas proximidades da rodoviária local, e a segunda, de 45 anos de idade, foi presa no Bairro Santa Rita. A terceira mulher envolvida no crime já encontrava-se presa.

 

Após as prisões, elas foram conduzidas até a sede da SIG/TL pela equipe policial, onde foram dados os devidos cumprimentos da ordem judicial, tendo as mesmas passado por exame de corpo de delito junto ao IML, e posteriormente encaminhadas ao Estabelecimento Penal Feminino de Três Lagoas, onde permanecerão, à disposição da Justiça.

 

Serviço 

Seção de Investigações Gerais de Três Lagoas solicita a colaboração e apoio de toda população trêslagoense, com informações sobre a prática de crimes e localização de indivíduos foragidos da Justiça, sendo que as denúncias poderão ser realizadas através dos telefones (67) 3929-1173 ou (67) 99226-8210 (WhatsApp). O sigilo e anonimato são assegurados.

 

Comente esta notícia