Sábado, 15 de Junho de 2024


Polícia Sexta-feira, 03 de Janeiro de 2020, 09:27 - A | A

Sexta-feira, 03 de Janeiro de 2020, 09h:27 - A | A

Venda de gado

Pecuarista é sequestrado pede R$ 220 mil para o pai

Crime foi descoberto após o pai desconfiar do filho ter desligado o celular no primeira ligação

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Polícia Civil

Pecuarista é sequestrado pede R$ 220 mil para o pai

Duas pessoas foram presas acusados do crime

Pecuarista de 40 anos, foi sequestrado durante uma falsa  transação de venda de gado, na última quinta-feira (2), em Paranaíba. Duas pessoas foram presas acusados do crime.  Os criminosos obrigaram a vítima a entrar em contato com o pai dele, que também é produtor rural em Costa Rica, e pedir que fizesse uma transferência bancária no valor de R$ 200 mil.

 

Segundo a Polícia Civil, o que levantou suspeita do pai o fato do filho desligar e logo em seguida retornar o telefonema abaixando o valor para R$ 20 mil. Sem conseguir mais falar com o filho e com receio de que pudesse ser um golpe, o pai da vítima procurou a Polícia Civil de Costa Rica, que com o apoio da Delegacia de Paranaíba iniciou as diligências para localizar o pecuarista. No final da manhã de hoje a Polícia Civil localizou o cativeiro e libertou a vítima. Dois criminosos foram presos e uma arma de fogo apreendida.

A vítima, que trabalha com compra e venda de gado, recebeu uma ligação de um suposto vendedor oferecendo alguns animais que estariam em Paranaíba. Na madrugada de quinta-feira o pecuarista foi até o município para avaliar o rebanho e acabou sendo sequestrado pelos falsos negociadores. As diligências prosseguem na tentativa de localizar e prender os demais integrantes da associação criminosa, armas utilizadas no crime, bem como recuperar a caminhonete Hilux, cor prata, placas FHF-8142, de Costa Rica/MS, que foi levada pelo bando.

 

Comente esta notícia