00:00:00 Quarta-feira, 24 de Julho de 2024


Polícia Quarta-feira, 03 de Outubro de 2018, 09:11 - A | A

Quarta-feira, 03 de Outubro de 2018, 09h:11 - A | A

ELEIÇÕES 2018

PF cumpre mandado de busca e apreensão em casa de candidato em Três Lagoas

No local, os policiais apreenderam materiais que seriam considerados propaganda irregular

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

A Polícia Federal cumpriu, nesta terça-feira (2), 12 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Mundo Novo determinados pelos Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE/MS)

 

Em Três Lagoas, as viaturas foram até a residência do candidato a deputado estadual, Pedro Antônio Agostinho, do Partido dos Trabalhadores (PT). No local, apreenderam materiais que seriam considerados propaganda irregular em que Lula aparece como candidato a presidente. Os mandados derivam de representação da Procuradoria Regional Eleitoral, conforme o site Hoje Mais. Os policiais estiveram na residência do candidato no fim da manhã.

 

No mês passado, o ministro Luís Roberto Barroso, vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), proibiu o uso do nome de Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao cargo de presidente. 

 

Ele alegou na época que, se a coligação “O povo feliz de novo” - que reúne os partidos PT, PCdoB e Pros - insistisse na veiculação de propagandas com o ex-presidente encabeçando a chapa poderia ter o tempo no rádio e na televisão suspensos.

 

 

Na decisão, o magistrado elencou que, “Determino à Coligação “O Povo Feliz de Novo” e a Luiz Inácio Lula da Silva que se abstenham, em qualquer meio ou peça de propaganda eleitoral, de apresentar Luiz Inácio Lula da Silva como candidato ao cargo de Presidente da República e apoiá-lo na condição de candidato, sob pena de, em caso de novo descumprimento, ser suspensa a propaganda eleitoral da coligação no rádio e na televisão”.

Divulgação

PF cumpre mandado de busca e apreensão em casa de candidato em Três Lagoas

Os policiais estiveram na residência do candidato no fim da manhã

Comente esta notícia