Segunda-feira, 17 de Junho de 2024


Polícia Quinta-feira, 30 de Abril de 2015, 13:24 - A | A

Quinta-feira, 30 de Abril de 2015, 13h:24 - A | A

Furto

Polícia Militar prende jovem com moto furtada e arma de fogo

Marco Campos
De Três Lagoas para o Capital News

O auxiliar de produção J.L.N.J.S de 22 anos foi preso em flagrante no início da noite desta quarta-feira (29) por uma equipe da Polícia Militar de Três Lagoas e diante os crimes praticados, vai responder por porte ilegal de arma de fogo e receptação. Conforme a ocorrência, por volta das 18h30min, à equipe policial fazia rondas na região do bairro Jardim Carandá e nas proximidades da Avenida Milton Batista Damasceno, quase esquina com a Rua Quixeramobim, percebeu que o suspeito – que estava em uma moto Honda Titan 150 – retirou algo da cintura e jogou em um matagal.

Divulgação

Polícia Militar prende jovem com moto furtada e arma de fogo

Polícia Militar prende jovem com moto furtada e arma de fogo


Ao verificar o objeto, a polícia obteve êxito em apreender um revólver calibre 38 da marca Taurus com quatro munições intactas e uma deflagrada. Durante a abordagem no suspeito, a PM também constatou que sua moto estava com o miolo da ignição danificado e que para ligar a moto, o homem usou outro tipo de chave, não sendo compatível com a marca do veículo.


O veículo também apresentou queixa de furto que ocorreu na frente de uma residência na Rua Querubino Pereira dos Santos no Paranapungá, no dia 25 de Dezembro do ano passado. Quanto à arma de fogo, o suspeito revelou que comprou de um desconhecido na Lagoa Maior e que pagou R$ 600,00 no armamento. A munição que estava deflagrada, J.L.N.J.S disse que atirou para o alto em uma fazenda na região, negando qualquer tipo de envolvimento delituoso.


Quanto à moto, o homem delatou o vendedor dizendo que adquiriu do mototaxista conhecido como “Naldo” que reside na Viela José Dias no bairro Vila Nova em Três Lagoas. O homem citado será investigado pela polícia Civil, onde o caso foi registrado para os procedimentos cabíveis.

Comente esta notícia