Sábado, 15 de Junho de 2024


Polícia Quinta-feira, 02 de Julho de 2015, 14:46 - A | A

Quinta-feira, 02 de Julho de 2015, 14h:46 - A | A

Apreensão

Polícia Militar esclarece em questão de minutos furto em residência

Bandidos roubaram vídeo game, tv, joias, bicicleta, HD de computador, notebooks, relógios e R$ 4 mil em dinheiro

Marco Campos
De Três Lagoas para o Capital News

Marco Campos/ Capital News

roubo materiais

Bandidos roubaram vídeo game, tv, joias, bicicleta, HD de computador, notebooks, relógios e R$ 4 mil em dinheiro.

Uma ação rápida da Polícia Militar de Três Lagoas fez com que um crime de furto fosse esclarecido em questão de minutos. Dados do boletim de ocorrência informaram que por volta das 20h de quarta-feira (1º), quatro pessoas invadiram uma residência na Rua Moacir Bruschi no bairro Jardim dos Ipês III e roubaram diversos materiais como vídeo game, tv, joias, bicicleta, HD de computador, notebooks, relógios, dinheiro, entre outros.

 

Os bandidos levaram R$ 4 mil em dinheiro e uma espada que estava em um suporte também foi levada pelos ladrões que fugiram em bicicletas. Os homens tiveram acesso ao interior da casa após forçarem o portão e danificar o motor do portão eletrônico.

Marco Campos/ Capital News

roubo materiais

Os bandidos tiveram acesso ao interior da casa após forçarem o portão e danificar o motor do portão eletrônico.


Policiais do GETAM, Rádio Patrulha e da ROTAI iniciaram as buscas pela região e obtiveram êxito em encontrar nas proximidades da Avenida João Thomes, ainda na mesma região, dois menores de 15 e 14 anos que estavam em posse de vários produtos furtados da residência. Após confessarem o crime, os infratores logo delataram os comparsas e indicaram o ponto onde eles poderiam estar.

 

Em uma nova diligência, a Polícia Militar foi até o bairro Vila Piloto e apreendeu um menor de 16 anos e a estudante D.S.M de 18 anos. Outros materiais que foram roubados na residência foram recuperados com os dois suspeitos que foram levados juntamente com os dois amigos até a delegacia de Polícia Civil para os procedimentos.  A polícia teve a confirmação que todos os quatro envolvidos residiam na Vila Piloto.

Comente esta notícia