00:00:00 Sexta-feira, 19 de Julho de 2024


Polícia Sábado, 10 de Novembro de 2018, 13:49 - A | A

Sábado, 10 de Novembro de 2018, 13h:49 - A | A

ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Preso em flagrante, autor de estupro que confessa o crime

Conforme o adolescente, o ato teria acontecido enquanto ambos estavam sozinhos em uma casa de fazenda

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação

Polícia Civil de Água Clara

Polícia Civil investigou e prendeu o acusado após denúncia da mãe da vítima

A Polícia Civil de Água Clara prendeu em flagrante o autor de estupro de vulnerável contra um adolescente de 12 anos. Por motivos de risco à integridade dos envolvidos não foram divulgados dados do autor e da vítima.

 

A prisão ocorreu ontem (09), quando a mãe da vítima compareceu à Delegacia de Polícia e registrou ocorrência. Ela relatou que, seu filho havia contado sobre o estupro e que estava com dores por conta do ocorrido. 

 

Conforme o adolescente, o ato teria se dado enquanto ambos estavam sozinhos em uma casa de fazenda. Após o registro da ocorrência, o adolescente foi encaminhado para exame de sexologia forense em Três Lagoas, acompanhado do Conselho Tutelar. 

 

O Investigador de Polícia e o Delegado foram à fazenda para abordar o suspeito. O homem demonstrou tranquilidade e negou o abuso e relatou ter ficado pouco tempo com o menor. 

 

Confrontado com os detalhes do ocorrido, relatados pela mãe do menor, e questionado acerca de pontos específicos de sua versão, o autor começou a entrar em contradição.

 

Informado de que seria levado à Delegacia de Polícia e que o menor já estava em trânsito para realização de exame, o autor confessou o crime e contou com detalhes e alegou estar profundamente arrependido.

 

Após a confissão formalmente em cartório, o laudo médico que atestou as lesões de origem sexual foi confirmado, sendo assim, foi lavrado o Auto de Prisão em Flagrante e recolhido o criminoso à cela.

 

O crime de Estupro de vulnerável é considerado hediondo, portanto inafiançável, e considera-se praticado com ou sem o consentimento do menor de 14 anos.

Comente esta notícia