Sexta-feira, 14 de Junho de 2024


Polícia Sábado, 13 de Junho de 2015, 14:29 - A | A

Sábado, 13 de Junho de 2015, 14h:29 - A | A

Segurança do Hospital Auxiliadora agride repórter para cessar o trabalho da imprensa

Toda a ação do segurança foi gravada e será apresentada no processo contra as empresas e o segurança

Marco Campos
De Três Lagoas para o Capital News

Marco Campos/Capital News

Segurança do Hospital Auxiliadora agride repórter para cessar o trabalho da imprensa

..

Na manhã deste sábado (13), um caso envolvendo um segurança do Hospital Auxiliadora virou caso de polícia. Conforme o boletim de ocorrência registrado pela direção do site TL Notícias, o segurança J.B.R de 44 anos saiu de seu posto de trabalho – no interior da unidade – e tentou impedir o trabalho da imprensa que registrava o caso em que um acidentado chegava no hospital em uma viatura do SAMU após sofrer um acidente.

NA PARTE EXTERNA DA UNIDADE

Marco Campos/Capital News

Segurança do Hospital Auxiliadora agride repórter para cessar o trabalho da imprensa

..

Mesmo estando na parte externa do hospital, o segurança tentou agredir e tomar os equipamentos das equipes de reportagem do site TL Noticias e da Rádio Caçula.  “Como neste caso, o fato ocorreu na calçada, em via pública, vamos sim, tomar as medidas legais”.

AGRESSÕES E AMEAÇAS
Diante as agressões e ameaças feito pelo segurança a equipe do site TL Notícias, a Polícia Militar foi chamada e de prontidão, enviou ao local uma equipe que registrou o caso na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (DEPAC).

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DO HOSPITAL
Ao notar o incidente, uma pessoa da assessoria de comunicação do hospital conversou com a reportagem e condenou a atitude do profissional, dizendo que em nenhum momento, exigiu que o segurança da unidade cessasse o trabalho da imprensa do lado externo do hospital, entendendo o direito da imprensa em divulgar os fatos, desde que não invada nenhuma propriedade particular, como o hospital.

Marco Campos/Capital News

Segurança do Hospital Auxiliadora agride repórter para cessar o trabalho da imprensa

..

AÇÃO CRIMINAL E INDENIZATÓRIA
Com o fato ocorreu em via pública (na rampa do hospital), a direção do site TL Notícias estará entrando na Justiça para punir criminalmente contra o segurança e entrar com uma ação indenizatória contra a empresa privada que o segurança trabalha e se for o caso, contra o Hospital Auxiliadora – no momento de sua atitude – prestava serviços para o Hospital Auxiliadora.

DIREITO DA IMPRENSA
A direção do portal TL Notícias lamenta o ocorrido e disse que a imprensa ter sim, o direito de registrar o acontecimento, desde que esteja dentro de seus limites.

“Isso não pode se tornar rotina neste hospital, afinal de contas o meu trabalho é registar os fatos e mostrá-los para a sociedade. Quando um profissional de imprensa é agredido no pleno exercício de suas atividades, acredito que toda a imprensa é agredida, pois se trata do nosso direito de relatar os fatos”, disse o direto do site.

O HOSPITAL
"Três Lagoas, 13 de junho de 2015

O Hospital Auxiliadora informa que: todos os seguranças da Instituição receberam orientações de como auxiliar a imprensa, sendo que os mesmos direcionam a equipe de jornalismo ao setor de assessoria de imprensa do HNSA.

A Instituição irá verificar o ocorrido envolvendo a equipe terceirizada de segurança do Hospital Auxiliadora com esse veículo de comunicação."

Comente esta notícia

Maristela 13/06/2015

Se exigir dinheiro então o interesse é sujo ainda Mais se exigir do hospital e da empresa mas se exigir pedido público de descupas e uma atitude correta de disciplina pelo hospital e pela empresa e pelo guarda aí o interesse é puro e verdadeiro mania de falar q está sentido e buscar oportunamente dinheiro de quem tem mais poder financeiro isto mostra claramente a má intenção

positivo
0
negativo
0

1 comentários

1 de 1