Três Lagoas/MS, Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 07 de Julho de 2020, 08h:47
Tamanho do texto A - A+

Assembleia vota seis projeto nesta terça

Cinco matérias estão sendo avaliadas em segunda discussão Assembleia vota seis projeto nesta terça

Elaine Silva
Capital News

Luciana Nasser/ALEMS

Aprovado intérprete de Libras para gestante surda

Sessão são onlines

 

Nesta terça-feira (07) os deputados estaduais por Mato Grosso do Sul devem apreciar seis projetos que estão pautados para a Ordem do Dia. Em primeira votação está pautado o Projeto de Lei 112/2020, da Mesa Diretora, que altera dispositivos da Lei n. 5.300, de 19 de dezembro de 2018; da Lei n. 4.601, de 11 de dezembro de 2014; da Lei n. 3.986, de 16 de dezembro de 2010 e da Lei n. 3.332, de 21 de dezembro de 2006, que recebeu parecer favorável por unanimidade da CCJR.

 

Já em segunda discussão estão previstas cinco matérias. Entre elas está o Projeto de Lei 79/2019, de autoria do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que dispõe sobre a inclusão do Ensino de Noções Básicas sobre a Lei 11.340/2006 - Lei Maria da Penha - como conteúdo transversal nas escolas públicas do Estado de Mato Grosso do Sul. A matéria obteve parecer favorável da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia.

 

Já o Projeto de Lei 196/2019, também de Rinaldo, cria no cadastro dos programas sociais vigentes no Estado de Mato Grosso do Sul, o registro de informações sobre violência doméstica sofrida pela mulher cadastrada e dá outras providências. Pareceres favoráveis da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração e da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher e Combate a Violência Doméstica e Familiar. 

 

Projeto de Lei 22/2020, de Neno Razuk (PTB), assegura ao consumidor contratante de serviço público o direito de incluir o nome de seu cônjuge ou companheiro como adicional na fatura mensal de consumo. Recebeu parecer favorável por unanimidade da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio.

 

Projeto de Lei 121/2019, também de autoria de Neno, que dispõe sobre a substituição do quadro negro por lousa branca revestida de vidro, nas escolas da rede pública estadual e dá outras providências. Parecer favorável da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia.  E por fim, o Projeto de Lei 325/2019, de autoria do deputado Capitão Contar (PSL), que altera a redação e acrescenta dispositivos à Lei 3.637, de 04 de fevereiro de 2009, que "Institui o Programa Permanente de Combate aos Trotes Telefônicos aplicados contra os serviços de atendimento às chamadas de emergências e dá outras providências". A matéria recebeu parecer favorável da Comissão de Serviço Público, Obras, Transporte, Infraestrutura e Administração

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix