00:00:00 Terça-feira, 16 de Julho de 2024


Política Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018, 11:38 - A | A

Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018, 11h:38 - A | A

MAIS EMPREGOS

Câmara autoriza doação de terreno para instalação de fábrica de papel higiênico e guardanapos

Nova indústria promete investir mais de R$ 100 millhões no município e gerar até 250 empregos

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

A Câmara de Vereadores de Três Lagoas autorizou a doação de área de 80 mil metros quadrados no Distrito Industrial para a instalação da fábrica de produtos de higiene Unir Indústria e Comercial. A aprovação do projeto de número 53 ocorreu na sessão desta terça-feira (21), a 26ª do ano.

Divulgação/Câmara

Câmara autoriza doação de terreno para instalação de fábrica de papel higiênico e guardanapos

Vereadores aprovaram cedência de área à indústria por unanimidade

Conforme prevê o texto de lei aprovado, inicialmente a cessão do terreno será em regime de comodato, para posterior doação. Em contrapartida, a fábrica que produz papeis higiênicos, guardanapos, dentre outros itens de higiene, irá investir R$ 102 milhões para se instalar no município, o que poderá gerar 100 empregos diretos e até 250 de forma indireta.

Um dos maiores incentivadores para a aprovação do projeto, o vereador Antônio Empke, o Tonhão, comemorou, em seus perfis nas redes sociais, a aprovação da lei e a chegada de novos investidores no município.

“Enquanto estava secretário de Desenvolvimento Econômico, procurei destacar todas as nossas potencialidades, com intuito de atrair novos investimentos e hoje é um dia de comemoração. Fico muito feliz por ter participado ativamente neste processo e por ter convencido o empresário a investir em Três Lagoas. Espero que o mais breve possível possamos comemorar essas vagas de trabalho”, destacou.

A empresa conta com mais de 15 anos no mercado brasileiro, com duas indústrias na região metropolitana de São Paulo sob o nome de Anin Papéis. A construção da nova fábrica deve se iniciar após a reunião de toda a documentação necessária, devendo após o início da operação produzir 30 mil toneladas de papel.

Outros projetos aprovados
Além deste, outros quatro projetos foram aprovados pelos vereadores na sessão, com destaque para a autorização à viabilização para realização de concurso público com objetivo de contratar servidores para as Secretarias de Assistência Social e de Saúde. Ao todo dez projetos foram discutidos, estando cinco deles encaminhados para votação nas sessões seguintes.

Comente esta notícia