Sexta-feira, 14 de Junho de 2024


Política Sexta-feira, 15 de Julho de 2016, 07:00 - A | A

Sexta-feira, 15 de Julho de 2016, 07h:00 - A | A

Eleições 2016

PMDB não indicará candidato à prefeitura de Três Lagoas em 2016

Informações foi confirmada pelo deputado estadual Eduardo Rocha em entrevista

Marco Campos
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação

PMDB não indicará candidato à prefeitura de Três Lagoas em 2016

Deputado Eduardo Rocha, do PMDB

O deputado estadual Eduardo Rocha (PMDB) confirmou que seu partido não lançará candidato a prefeito em Três Lagoas, na região leste de Mato Grosso do Sul.

"O PMDB lançará apenas candidatos a vereador nas próximas eleições", informou. Decisão, inclusive, já foi repassada ao Diretório Regional da sigla. Além disso, os candidatos ficarão livres para apoiar o candidato a prefeito de outras coligações.

"Não haverá nenhum cerceamento ao candidato a vereador que apoiar determinado candidato a prefeito; a escolha será livre, individual, já que o PMDB não terá coligação para a majoritária", afirmou o deputado. Perguntado se ainda existe alguma chance do PMDB e PSDB firmarem parceria nas próximas eleições, Rocha disse que "a coligação com o PSDB está descartada", enfatizou.

Para ele, "a nossa pretensão é que o PMDB reeleja ao menos 3 candidatos a vereador, mantendo assim a nossa bancada", disse. Para alcançar esse objetivo, ele apontou o número de votos necessários. "Seguindo uma média baseado no número de cadeiras na Câmara, necessitaríamos de ao menos 7 mil votos para a manutenção da bancada."

Ainda durante entrevista, o político comentou a respeito de outros assuntos, como a construção do Hospital Regional e do prédio da UNEI, que se encontra abandonado e deteriorado. "Sobre a UNEI, já fiz requerimento ao governador Reinaldo Azambuja, cobrando a devida ocupação do prédio novo o mais rápido possível, já que o prédio atual não tem mais condições. Este documento está nas mãos do governador e me parece que o governo vem enfrentando dificuldade na questão de funcionários concursados, por isso estudam o remanejamento de outros servidores para a unidade de Três Lagoas", disse.

O deputado também respondeu questionamento sobre o Hospital Regional (HR) e UFN3. "Requeremos ao governador o andamento das obras do Hospital Regional e projeto de asfaltamento para Três Lagoas, e a resposta de Azambuja é que em breve ele estará na cidade para determinar a ordem de serviço do HR, com a disponibilidade de repasse de R$ 42 milhões de empréstimo do BNDES além da contrapartida de 8 milhões pelo estado para as obras do HR. Dinheiro já está no caixa", comunicou.

Comente esta notícia