Três Lagoas/MS, Sexta-Feira, 07 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020, 09h:11
Tamanho do texto A - A+

Sete projetos serão avaliados pelos deputados nesta quinta

Sessão ordinária acontece de forma remota

Elaine Silva
Capital News

ALEMS

Deputados estaduais aprovam direito de incluir nome do cônjuge em faturas

Deputados estaduais avaliam sete matérias

 

Está previsto para esta quinta-feira (09) sete proposta que serão avaliadas pelos deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS). Em redação final está o Projeto de Lei 196/2019, do deputado Professor Rinaldo (PSDB), cria - no cadastro dos programas sociais vigentes em Mato Grosso do Sul - o registro de informações sobre violência doméstica sofrida pela mulher assistida por esses programas.

 

Três Projetos de Decreto Legislativo tratam de pedidos de calamidade pública em virtude da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). As propostas de número 46/2020, 47/2020 e 48/2020 se referem respectivamente às cidades de Bodoquena, Bela Vista e Terenos. Todas as três matérias obtiveram pareceres favoráveis da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

 

O Projeto de Lei 109/2020, do deputado Barbosinha (DEM), declara de utilidade pública estadual a Associação Civil Obras Sociais Jesus de Nazaré, com sede e foro no município de Dourados. A instituição, com fins filantrópicos, foi fundada em 2016 e realiza obras sociais. A proposta teve parecer favorável por unanimidade da CCJR.

 

 

Também de autoria de Barbosinha, o Projeto de Lei 273/2019 altera o parágrafo único do art. 1º da Lei 4.101, de 25 de outubro de 2011 - a qual determina que sejam colocadas instalações sanitárias e bebedouros à disposição dos clientes de casas lotéricas e outras instituições financeiras. O objetivo da proposta é isentar da obrigação as casas lotéricas e instituições financeiras de pequeno porte com até 60 metros quadrados. Os pareceres foram favoráveis por unanimidade da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio e da Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor.

 

O Projeto de Lei 117/2020, do Poder Executivo, cria o Fundo Estadual de Estruturação e Aperfeiçoamento de Parcerias (FEEP). O objetivo do FEEP é financiar projetos e atividades da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), na estruturação e no acompanhamento de parcerias estratégicas entre Mato Grosso do Sul e o setor privado. A CCJR foi favorável por unanimidade à tramitação do projeto.

 

A sessão ordinária acontece de maneira remota, a partir das 9h, e é transmitida ao vivo pelos meios de comunicação da Casa de /Leis – canal 9 da Net,  TV ALEMS,  Youtube, Facebook, Rádio ALEMS e aplicativo Assembleia MS (Android/iOS).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix