00:00:00 Sábado, 20 de Julho de 2024


Política Quinta-feira, 27 de Setembro de 2018, 09:13 - A | A

Quinta-feira, 27 de Setembro de 2018, 09h:13 - A | A

ITBI

Vereadores aprovam projeto que possibilita parcelamento de imposto

Com o parcelamento, será mais fácil o contribuinte legalizar a situação do seu imóvel

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Os vereadores de Três Lagoas aprovaram o projeto de lei que acrescenta dispositivos na Lei nº 1.067, de dezembro de 1991, que institui o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) por ato oneroso "inter vivos". Se sancionado pelo prefeito Angelo Guerreiro, o contribuinte poderá parcelar este imposto em até seis vezes. A decisão se deu durante a 31ª Sessão Ordinária, realizada na terça-feira (25).

 

O vereador Celso Yamaguti, autor do projeto, defende que, com o parcelamento, será mais fácil o contribuinte legalizar a situação do seu imóvel. “A partir do momento que tiver a opção pelo parcelamento, certamente, optará por regularizar sua situação com a posterior escrituração do bem adquirido, não deixando a mercê do contrato de gaveta”, afirmou.

 

Pequeno expediente

No Pequeno Expediente, o vereador Luiz Akira usou a tribuna para apresentar suas indicações: para a Elektro, solicitou estudo sobre a quantidade de postes de madeira ainda existentes no município. Para o senador Moka, solicitou incluir no orçamento de 2019 as obras do contorno rodoviário no município de Três Lagoas, que já se encontra com o projeto pronto e orçado em torno de R$ 140 milhões, e da implantação de cobertura do poliesportivo do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, campus Três Lagoas.

 

O vereador Apóstolo Ivanildo elogiou o projeto que foi aprovado para parcelar o ITBI e avisou sobre o adiamento da reunião pública sobre a Elektro, que aconteceria na quinta, para o dia 9 de outubro de 2018, às 19h. A reunião será aberta a toda a população, visando levantar dados sobre a qualidade do atendimento da concessionária na cidade.

 

O vereador Realino encaminhou indicação para a Secretaria Estadual de Educação solicitando a reforma da Escola Estadual João Thomes, bem como fazer a cobertura da quadra poliesportiva. Para a Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, solicitou pavimentação asfáltica no bairro Paranapungá e tornar mão única a rua Otávio Sigefredo Roriz, em frente à Escola Municipal Presidente Médici. O vereador falou sobre manifestação do poder judiciário pelo arquivamento do processo de investigação sobre o lixo no município. 

 

Já o vereador Professor Flodoaldo usou seus três minutos para falar sobre o cenário político e a importância do voto.

Comente esta notícia