00:00:00 Sexta-feira, 19 de Julho de 2024


Política Terça-feira, 23 de Outubro de 2018, 13:15 - A | A

Terça-feira, 23 de Outubro de 2018, 13h:15 - A | A

LEGISLATIVO

Vereadores ouvem servidores e secretários sobre recurso de Premiação

Na reunião tiveram a oportunidade de apresentar reivindicações e ainda detalhar a nova proposta

Gian Nascimento
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação

Vereadores ouvem servidores e secretários sobre recurso de Premiação

Objetivo da reunião foi ouvir servidores e secretários, sobre a proposta

Foi realizada na última segunda-feira (22), na Câmara Municipal de Três Lagoas, uma reunião para ampla discussão do projeto que regulamenta a Premiação Financeira Por Desempenho, concedida aos servidores municipais lotados na estratégia saúde da família (ESF), equipes de saúde bucal, Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e aos articuladores vinculados ao desenvolvimento da proposta do PMAQ.

 

Estiveram presentes na sala da presidência da Casa de Leis, vereadores, representantes do Sindicato dos Servidores Municipais, dos Servidores da Saúde, alguns agentes de saúde e ainda o secretário municipal Geral, Cassiano Maio e a secretária municipal de Saúde, Angelina Zuque.

 

Na reunião tiveram a oportunidade de apresentar reivindicações e ainda detalhar a nova proposta, encaminhada pelo prefeito à Casa de Leis. O projeto entrou em pauta, na sessão do dia 02 de outubro, com pedido de urgência. No entanto, por conta de uma mobilização do Sindicato dos Servidores Municipais, passou a ter um trâmite normal, sem urgência.

 

O objetivo da reunião foi ouvir servidores e secretários, sobre a proposta. Conforme Angelina Zuque, o projeto traz as seguintes modificações: contemplará todos os que colaboraram, incluindo aposentados, transferidos de unidades, tira a condição do pagamento a uma avaliação externa (algo previsto na lei anterior) e ainda será pago por semestre, ao invés de uma vez, ao ano (também previsto na lei anterior).

 

O presidente da Câmara, André Bittencourt, aproveitou para informar que foi procurado por servidores, que estavam preocupados com os valores a serem repassados. Ele questionou a secretária de saúde neste sentido, que deu mais detalhes sobre a lei anterior versus a proposta enviada à Câmara.

 

Zuque também informou que o valor para pagamento da premiação (até o segundo ciclo) está na conta, será pago, conforme cada caso, por proporcionalidade.

 

Aprovação

Após um consenso e esclarecimentos de todas as dúvidas, Bittencourt informou que o projeto de lei será aprovado, na sessão de desta terça-feira (23), garantindo a liberação do pagamento para os servidores, prontamente. O único pedido final, proposto pelo representante do Sindicato dos Servidores da Saúde, para ajuste da proposta, é que o Município elabore uma lista com os nomes e valores a serem recebidos, por cada servidor.

Comente esta notícia