Três Lagoas/MS, Segunda-Feira, 06 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Domingo, 28 de Abril de 2019, 10h:56
Tamanho do texto A - A+

Sistema de Telemedicina será implantado no MS

Bataguassu já é considerado referência no que diz respeito aos atendimentos de saúde oferecidos de forma gratuita à população

Juliana Brum
De Três Lagoas para o Capital News

Divulgação/Assessoria

Sistema de Telemedicina será implantado no MS

Aparelho servira de apoio 24h aos médicos de plantão nas unidades de saúde do município

Preocupados com acidentes graves e diagnósticos complexos decorrentes por graves acidentes nesta região,  o município de Bataguassu já é considerado referência no que diz respeito aos atendimentos de saúde oferecidos de forma gratuita à população implantou um sistema de forma experimental o Sistema Integrado de Atendimento em Telemedicina (SIATE), ferramenta online que visa auxiliar o trabalho dos médicos plantonistas que atendem no Pronto Socorro Municipal.

 

Ele funciona como um televisor online com médicos que auxiliaram os plantonistas quando acontecerem acidentes com conseqüências graves.

 

Segundo o responsável pelo sistema, Dr. Bruno Miniello, que é médico neurologista e neurointervencionista, a ferramenta oferece a prestação de serviços de médicos especialistas em todas as áreas (neurologistas, cardiologistas, clínico geral, cirurgiões entre outros), profissionais estes de renome no País e que atuam em instituições como Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCUSP), Hospital do Servidor Público Estadual e Escola Paulista de Medicina.

 

O sistema estará a disposição 24 horas por dia, sete dias da semana por meio de teleconferência com os médicos plantonistas do município.

 

Durante a apresentação do sistema, que contou com a presença do prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina (PSDB); da secretária municipal de Saúde, Maria Angélica Benetasso e dos médicos Éder Nascimento de Moraes, Lauder Alves e João F. Catina, Caravina disse que a intenção da administração municipal em utilizar o sistema é a de obter precisão no diagnóstico médico em casos de pacientes com maior gravidade e reduzir remoções desnecessárias de pacientes.

 

“Temos tido registros de acidentes em rodovias envolvendo ambulâncias durante as remoções de pacientes. A intenção é reduzir esses tipos de transferências, colocando a disposição dos médicos plantonistas uma gama de profissionais especializados de todo País, que conectados via internet poderão auxiliar os médicos locais em um diagnóstico mais rápido e preciso”, comentou o gestor.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix