Sexta-feira, 14 de Junho de 2024


Três Lagoas Segunda-feira, 14 de Julho de 2014, 13:49 - A | A

Segunda-feira, 14 de Julho de 2014, 13h:49 - A | A

Agentes fiscalizam postos de combustíveis em Três Lagoas

Alessandra Marimon (Especial para o Capital News - www.capitalnews.com.br)

Desde o começo do ano, agentes metrológicos da Agência Estadual de Metrologia de Mato Grosso do Sul (AEM) estão fiscalizando todos os postos de combustíveis em Três Lagoas. Durante os ensaios, os agentes conferem o volume de combustível medido pelas bombas. As informações são do portal do governo do estado, Notícias MS.

Além dos ensaios para conferir o volume do combustível, outros itens estão sendo testados, tais como mangueira, painel, bicos, eliminador de ar e gás, planos de selagem, medidor de pulser, lâmpada e dispositivos de bloqueio.

Na fiscalização, os técnicos fazem o exame visual das bombas, checagem das marcas de verificação e do sistema de lacração, seguidos de ensaio de medição e determinação de erros, utilizando-se para isso um padrão de 20 litros. Neste ensaio é feita a comparação com a marcação no mostrador da bomba para observar o funcionamento correto do instrumento.

Após os ensaios, as bombas que tiverem sido aprovadas recebem as marcas de verificação do Inmetro (selos e etiquetas) e o relatório de verificação metrológica. Havendo irregularidade, a bomba medidora é interditada e a empresa, notificada.

As informações são passadas para o sistema de gestão integrado da Agência e os dados são enviados ao Inmetro. Em Três Lagoas, não foram detectadas irregularidades. Nenhuma bomba foi lacrada.

A fiscalização dos combustíveis líquidos é de competência da Agência Nacional do Petróleo, gás natural e combustível (ANP). Além de testar a conformidade dos combustíveis, durante ação de fiscalização em posto revendedor os fiscais designados pela ANP verificam uma série de exigências referentes à documentação, segurança e a proteção ao meio ambiente.

A fiscalização de bombas medidoras de combustíveis é realizada pelos agentes fiscais da Agência durante todo o ano, para garantir que o consumidor não seja lesado. Caso o consumidor desconfie de alguma irregularidade, deve recorrer à ouvidoria da AEM pelo telefone 08000 675220 ou e-mail [email protected] . Todas as denúncias são verificadas e os fiscais vão até o estabelecimento.

Comente esta notícia