Sábado, 15 de Junho de 2024


Três Lagoas Segunda-feira, 05 de Agosto de 2013, 13:09 - A | A

Segunda-feira, 05 de Agosto de 2013, 13h:09 - A | A

Eldorado planeja nova fábrica em Três Lagoas com investimentos no valor de R$ 6,8 bi

Gabriel Kabad - Capital News (www.capitalnews.com.br)

Com investimentos que podem superar R$ 6,8 bilhões nos próximos três ou quatro anos, a Eldorado Brasil Celulose acelera seu plano de crescimento, nove meses depois de sua fábrica em Três Lagoas entrar em operação. Dona da maior linha única de produção de celulose de eucalipto do mundo, a companhia controlada pela J&F Investimentos trabalha neste momento no projeto de engenharia da segunda unidade produtiva naquele municípo.

De acordo com o jornal Valor Econômico, a Eldorado apresentou carta-consulta ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com vistas a financiar parte do empreendimento. Recursos adicionais serão levantados pelo aumento de capital, em operação prevista para a primeira metade de 2014.

Uma das novidades do projeto deve ficar por conta de sua dimensão. Os estudos em curso consideram uma nova linha única com capacidade para dois milhões de toneladas da fibra, ou 500 mil toneladas a mais do que o previsto originalmente, e do que pode produzir a sua recém-inaugurada unidade.

O presidente da Eldorado, José Carlos Grubisich, confirmou ao que a companhia já iniciou os procedimentos para financiamento junto ao BNDES, e que a segunda linha poderá ser maior do que o inicialmente projetado. "Esse é um projeto de mais de US$ 3 bilhões", disse o executivo.

"Com isso, chegaríamos com capacidade de 3,7 milhões de toneladas por ano em 2017, o que nos coloca na posição de maior complexo produtivo mundial de celulose", enfatizou Grubisich.

Segundo uma fonte do setor, o desejo de instalar uma linha dessa magnitude surgiu após a notícia de que a Asia Pulp & Paper (APP) obteve aprovação para investir em uma fábrica desse porte na ilha de Sumatra. "Isso indica que há tecnologia disponível, e a Eldorado quer ter esse papel de estar à frente", afirmou a fonte.

A previsão de início de operação da nova fábrica está mantida para o fim de 2016 ou início de 2017, em razão do prazo necessário ao plantio das florestas que abastecerão a linha. Desde novembro, a Eldorado opera uma fábrica de 1,5 milhão de toneladas por ano de celulose de eucalipto que, em 2014, será ampliada por meio de pequenas melhorias.

No momento da parada programada para manutenção, a Eldorado planeja aportar entre US$ 60 milhões e US$ 80 milhões para elevar a capacidade em 15%, para 1,7 milhão de toneladas anuais.

Desde seu lançamento, a Eldorado vem reiterando os planos de chegar a 2020 com capacidade total instalada de cinco milhões de toneladas anuais.
 

Comente esta notícia